Colunas

Michael Löwy: O romantismo revolucionário de Maio de 1968

25/05/2018 // 1 comentário

Por Michael Löwy / "O espírito romântico de Maio de 1968 não é composto somente de “negatividade”. Ele está carregado também de esperanças utópicas, de sonhos libertários e surrealistas, de “explosões de subjetividade”. A reivindicação do direito à subjetividade estava inseparavelmente ligada à impulsão anticapitalista radical que cruzava, de um lado a outro, o espírito de Maio de 1968." [...]

Cultura inútil: está faltando poesia!

16/05/2018 // 11 comentários

Pior: não é só no Brasil. O mundo todo parece estar num tempo apoético, duro, ruim. Assim, a vida vai ficando muito sem graça. É preciso resgatar a poesia que está ausente até nas letras das músicas de sucesso. Não sou poeta, nem um leitor de poesia. Poderia dizer que sou um “ouvidor” de poesia. Gosto de ouvir. Lendo, não sou bom em dar aquele ritmo da declamação, e a poesia precisa de ritmo. [...]

Marx e a ciência política

07/05/2018 // 2 comentários

Por Luis Felipe Miguel / "Toda a ciência social digna de seu nome toma por base alguma concepção materialista da história e, assim, é tributária do pensamento de Marx." [...]

Žižek: A atualidade de Marx

04/05/2018 // 13 comentários

Slavoj Žižek / "É preciso responder de maneira propriamente dialética à questão sobre a continuada relevância da crítica da economia política de Marx na nossa atual era de capitalismo global." [...]

A tragédia depois da tragédia do incêndio no Largo do Paissandu: uma ferida aberta na cidade

02/05/2018 // 7 comentários

Por Isabela Oliveira Pereira da Silva / "Os sobreviventes estavam do lado de fora da grade. Esta frase não sai da minha mente. Não sei por quantos dias essa frase irá ecoar e junto dela a imagem das mães totalmente ao relento e sem nenhuma proteção aguardando o resgate de seus filhos do lado de fora. Grades de metal separam a polícia militar do lado de fora com as famílias sobreviventes e, do lado de dentro, aquilo que chamamos de poder público, incluindo saúde e proteção social." [...]

Nós sabemos fazer um país

26/04/2018 // 12 comentários

Por Mauro Iasi / "Nós sabemos como transformar esta catástrofe em um país, mas para isso precisamos derrotar aqueles que ganham muito transformando este país em uma catástrofe." [...]

A regra do jogo

24/04/2018 // 24 comentários

Por Christian Dunker / "O pior aspecto da prisão de Lula é que ela simboliza a derrota de um projeto e a extinção de uma perspectiva de Brasil. Abole-se também a ideia de que é possível partilhar modos de exercer o poder e de o alternar. Sai vitoriosa uma concepção arcaica de poder." [...]