Colunas

Michael Löwy: Marx e o mundo não-ocidental

13/11/2019 // 1 comentário

Por Michael Löwy / "𝘔𝘢𝘳𝘹 𝘯𝘢𝘴 𝘮𝘢𝘳𝘨𝘦𝘯𝘴 é um livro verdadeiramente desbravador que vai na contracorrente da sabedoria convencional que insiste em reduzir Marx a um pensador eurocêntrico e economicista. A obra traz à tona um teórico global cuja crítica social era sensível às diversas formas de opressão e luta social." [...]

Lula “livre”: três cenários e uma suspeita

11/11/2019 // 3 comentários

Por Mauro Iasi / "Lula saiu da cadeia, e isso é bom. Mas sua saída é um efeito colateral de um plano dos mesmos que o colocaram lá. Estes sem dúvida zelarão para que seus direitos políticos sigam cassados e que, se necessário, ele volte para o cárcere quando as condições jurídicas forem satisfeitas, uma vez que as condenações nas primeiras instâncias ainda estão valendo." [...]

Žižek: De Hong Kong ao Chile?

29/10/2019 // 4 comentários

Slavoj Žižek / "Devemos evitar a todo custo celebrar esses protestos por conta de sua distância em relação à política estabelecida. Há aqui uma difícil tarefa “leninista” diante de nós: como organizar o crescente descontentamento em todas as suas formas, incluindo os protestos ecológicos e feministas, na forma de um movimento coordenado e de larga escala? Se fracassarmos nisso, o que nos aguarda é uma sociedade de estado de exceção e descontentamento civil permanentes." [...]

Lavando as mãos no oceano

28/10/2019 // 1 comentário

Mauro Iasi fechou o episódio mais recente do Café Bolchevique da TV Boitempo recitando um poema de sua autoria. Atendendo a pedidos do público, publicamos a versão por escrito aqui no Blog da Boitempo. [...]

Contra o revisionismo histórico: o pacto de não agressão germano-soviético e a Segunda Guerra Mundial

25/10/2019 // 6 comentários

Por Jones Manoel / "A verdade é que, se hoje o mundo não fala alemão e a escravidão racial aberta não campeia pelo mundo, se a barbárie colonialista sofreu duros golpes no século XX, devemos agradecer à União Soviética – seu povo, o Exército Vermelho, o Partido Comunista da URSS e seu líder máximo, Josef Stálin. É isso que a União Europeia quer ocultar, mas não vai conseguir." [...]