Dossiê Revolução Russa // 1917: o ano que abalou o mundo

O Blog da Boitempo apresenta neste dossiê especial “1917: o ano que abalou o mundo“, uma série de reflexões feitas por alguns dos principais pensadores críticos contemporâneos, nacionais e internacionais, sobre a história e o legado da Revolução Russa. Aqui você encontra artigos, ensaios, reflexões, resenhas e vídeos, além de indicações de livros e eventos ligados ao centenário.

Boa leitura!

A história da Revolução Russa

Todd ChretienAntes de Fevereiro

Kevin MurphyA história da Revolução de Fevereiro

Yurii ColomboPartindo da Estação Finlândia

Álvaro Bianchi e Daniela MussiGramsci e a Revolução Russa

Eric BlancA revolução da Finlândia

Lars T. LihDe Fevereiro a Outubro

Megan Trudell | As mulheres de 1917

Brendan McGeever | Os bolcheviques e o antissemitismo

Mike Haynes | Violência e revolução em 1917

Daniel Gaido | As Jornadas de Julho

Sarah Badcock | As revoluções camponesas de 1917

Paul Le Blanc | O golpe de Kornílov

O legado da Revolução Russa

Lincoln Secco | O futuro da Revolução Russa

Mauro Iasi | O que não aprendemos com a Revolução Russa

China Miéville | Por que a Revolução Russa importa?

Christian Dunker | O que Freud disse sobre a Revolução Russa?

Giovanni Alves | Revolução Russa: obstinação e contingência histórica

Flávia Biroli | A Revolução também foi feminista

Luis Felipe Miguel | A democracia e a Rússia revolucionária

Alain Badiou | Sobre a Revolução Russa de Outubro de 1917

Slavoj ŽižekAs “Teses de Abril”, de Lenin

Michael LöwyO significado histórico de Outubro de 1917

Christian Laval e Pierre DardotO que comemorar no centenário da Revolução de Outubro?

Daniel Bensaïd | As questõs de Outubro

Domenico Losurdo | A Revolução Russa e a ideologia dominante hoje

Em breve: textos novos de Mauro Iasi, Juliana Borges, Wendy Goldmann, Rosane BorgesJosé Paulo Netto, Mouzar Benedito, Ruy Braga, Edson Teles, Luiz Bernardo Pericás, Gilberto Maringoni, entre outros.

Releituras

Eric Blanc entrevista China Miéville | Outubro e sua importância

Augusto Buonicore | Bem-vindo, Lênin!

Flávio Aguiar | As minhas revoluções soviéticas

Gilberto Maringoni | Laika, o quadrinho do ano russo

Michael Löwy | Leon Trótski e o programa de transição

Ricardo Musse | Um programa de ação revolucionária: Rosa Luxemburgo e a Revolução Russa

Luis Felipe MiguelO Oito de Março e a legalização do aborto

José Paulo Netto | A. Lifschitz, editor e crítico

Antonio Carlos MazzeoO mundo um século após Outubro de 1917 | Sobre o novo livro de Domenico Losurdo

Alysson Leandro MascaroA obra-prima de Evguiéni Pachukanis

Daniela LimaA revolução das mulheres: uma antologia necessária

Emir Sader | Lênin, numa hora dessas?

Milton Pinheiro | Marx, Engels e a Rússia

Demian Melo | A contribuição de Losurdo à crítica da historiografia revisionista

Mouzar Benedito | Revolução: coisa do passado?

Mouzar Benedito | Nem todo Lênin é leninista

Clássicos

Aleksandra KollontaiO dia da mulher

Vladímir Lênin | O Estado: Uma das questões fundamentais da revolução

Vladímir Lênin | Em memória da Comuna de Paris

Lima Barreto, a Revolução Russa e o Brasil

O Blog da Boitempo recupera quatro artigos jornalísticos do excepcional escritor Afonso Henriques de Lima Barreto, todos escritos no calor da hora entre 1918 e 1919. A enérgica e afiada defesa pública da Revolução Russa que emerge nesses textos se mostra tanto mais audaciosa por parte de Lima Barreto se considerarmos que a tônica geral das referências da elite intelectual da época aos acontecimentos de Outubro e ao recém estabelecido governo soviético era bastante depreciativa, para dizer o mínimo.

14 de julho de 1918 | Vera Zasulitch / As mulheres da revolução Russa

5 de novembro de 1918 | No ajuste de contas…/”Manifesto maximalista”

30 de novembro de 1918 | Da minha cela

1° de março de 1919 | Sobre o maximalismo

Seminário Internacional
1917: o ano que abalou o mundo

Entre os dias 26 e 29 de setembro, a editora Boitempo e o Sesc São Paulo realizam no Sesc Pinheiros, em São Paulo, o Seminário Internacional 1917: o ano que abalou o mundo, sobre o centenário da Revolução Russa, um dos acontecimentos históricos definidores do século XX. Mais de trinta conferencistas, nacionais e estrangeiros, incluindo alguns dos maiores nomes das ciências humanas, destrincharão o tema durante quatro dias de cursospalestrasdebatesfilmes e lançamentos de livros. O seminário pretende ir além da discussão acadêmica e promove um balanço do último século tomando a história da Revolução Russa e seus desdobramentos como eixo, com a finalidade de instigar novos caminhos para o pensamento contemporâneo.

www.RevolucaoRussa.com.br

Realização | Sesc em São Paulo | Boitempo

Apoio | Fundação Maurício Grabois | Consulado Geral da França no Brasil | FFLCH/USP

Promoção | Revista CULT | CartaCapital

Livros

Vem aí…

Reconstruindo Lênin: uma biografia intelectual, de Tamás Krausz

O Estado e a revolução, de V. I. Lênin

Escritos de Outubro: os intelectuais e a Revolução Russa, organizado por Bruno Gomide

Comum: ensaio sobre a revolução no século XXI, de Christian Laval e Pierre Dardot

Centelhas: marxismo e revolução no século XXI, de Michael Löwy e Daniel Bensaïd, organizado por José Correia Leite

Vídeos






%d blogueiros gostam disto: