Michael Löwy

Michael Löwy: O romantismo revolucionário de Maio de 1968

25/05/2018 // 1 comentário

Por Michael Löwy / "O espírito romântico de Maio de 1968 não é composto somente de “negatividade”. Ele está carregado também de esperanças utópicas, de sonhos libertários e surrealistas, de “explosões de subjetividade”. A reivindicação do direito à subjetividade estava inseparavelmente ligada à impulsão anticapitalista radical que cruzava, de um lado a outro, o espírito de Maio de 1968." [...]

Bensaïd: Forças do comunismo

12/01/2018 // 3 comentários

Por Daniel Bensaïd / "Da experiência fundadora de 1848 à da Comuna, o “movimento real” tendendo à abolição da ordem estabelecida tomou forma e força, dissipando as “obsessões sectárias” e ridicularizando “o tom de oráculo da infalibilidade científica“. Dito de outro modo, o comunismo, que foi primeiro um estado de espírito ou um “comunismo filosófico“, encontrou a sua forma política. Num quarto de século, cumpriu a sua transformação: dos seus modos de aparição filosóficos e utópicos, à forma política enfim encontrada da emancipação." [...]

Bensaïd: As questões de Outubro

15/08/2017 // 2 comentários

Daniel Bensaïd passa a limpo o legado da Revolução Russa ao longo de três questões cruciais de historiografia política, no dossiê "1917: o ano que abalou o mundo", do Blog da Boitempo. [...]

Michael Löwy: O jovem Marx e o furto de madeira

30/01/2017 // 3 comentários

Por ocasião do lançamento do livro "Os despossuídos", obra inédita de Marx no Brasil, que documenta "debates sobre a lei referente ao furto de madeira", a resposta intelectual de Marx a uma das mais importantes experiências políticas de sua juventude, o Blog da Boitempo publica aqui, com exclusividade, um trecho do livro "A teoria da revolução no jovem Marx", de Michael Löwy, que trata do tema. [...]

Michael Löwy: Fora Temer, Diretas Já!

02/09/2016 // 14 comentários

Por Michael Löwy / "O dia 31 de agosto de 2016 ficara na historia do Brasil como o momento em que a democracia de baixa intensidade foi substituída por “Democracia Zero”. É urgente organizar um amplo movimento, como o de 1985 contra a ditadura militar agonizante, em torno da palavra de ordem “Diretas Já”!" [...]

Michael Löwy: Escravagistas de ontem e de hoje

15/08/2016 // 4 comentários

Por Michael Löwy / "Um dos espetáculos mais ridículos, grotescos, vergonhosos mesmo, dos últimos tempos, tem sido a gesticulação de inúmeros deputados e senadores – muitos deles acusados de corrupção, sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, e outras falcatruas – se cobrindo dos pés à cabeça com a bandeira nacional, no momento de votar a destituição da Presidenta eleita pela maioria dos brasileiros, Dilma Rousseff." [...]