• 2018 é o ANO MARX!

    Festa de aniversário, ciclos de debates, lançamentos, vídeos e promoções... essas são algumas das atividades que a Boitempo está preparando para marcar o ano do bicentenário de Marx! [...]
  • Liberado e-book gratuito do livro do Lula!

    Diante de uma perseguição política sem precedentes, Lula lança livro para contar a sua versão da história. A Boitempo disponibiliza o e-book para download gratuito e livro físico em dobro no site! [...]
  • Quem Marielle Franco representa?

    Por Luis Felipe Miguel / "Marielle vinha das comunidades pobres e dedicava a elas o melhor de suas forças. Seu mandato, embora conquistado com muitos votos da Zona Sul, era voltado para a favela e com ela mantinha interlocução densa e permanente. É por isso, também, que sua morte representa um revés tão sério para a luta popular, no Rio e no Brasil." [...]
  • Marielle, uma voz

    Por Mauro Iasi / "A voz tem um nome, Marielle. E Marielle foi morta outra vez. Mas esta morte tem um nome, porque carregava muitas vozes, porque nunca estava sozinha nunca será esquecida, porque através dela é que lembramos dos esquecidos. Seu nome é Marielle, seu nome é mulher, seu nome é negra, seu nome é justiça, seu nome é luta, seu nome é socialista, seu nome é Marielle." [...]

Últimas colunas [ver todas]

Mais lidas

Na estante da Boitempo

TV Boitempo

Busca

Boitempo no Instagram

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Boitempo no Twitter

Dia da mulher é dia da luta feminista!

Revista da Boitempo

Assinatura anual

Duas edições, desconto de 10%
R$ 60,00
R$ 54,00

Assinatura bi-anual

Quatro edições, desconto de 15%
R$ 120,00
R$ 102,00

Margem Esquerda

A revista da Boitempo traz ensaios de fôlego sobre os principais acontecimentos de nosso tempo e sobre a conjuntura sociopolítica no Brasil e no mundo, além de estudos sobre os clássicos do marxismo e entrevistas aprofundadas que traçam trajetória intelectual, política e cultural de figuras de destaque na esquerda de hoje, no Brasil e no mundo. Desde 2003, a publicação semestral vem contribuindo de forma decisiva para a difusão do pensamento crítico, consolidando-se como um importante espaço de debate teórico e político da esquerda brasileira.