• Dois caminhos para a ditadura

    Luis Felipe Miguel / "Estão dados dois caminhos claros para a instauração de uma ditadura, traçados por generais da reserva. É necessário que as forças políticas democráticas saibam superar suas diferenças e apresentar um rechaço unânime à hipótese de intervenção militar. Não podemos, uma vez mais, deixar para nos mobilizar só quando já for tarde demais." [...]
  • Um país fraturado

    Por Mauro Iasi / "Somos um país fraturado. Um país fraturado é mais que um país dividido, é um país no qual a divisão tornou-se algo explosivo. Não é um mero trauma, é uma fratura exposta. Os bálsamos e unguentos tradicionais não vão curar o osso partido, a pele rompida, os tendões e músculos destroçados." [...]
  • Deixar queimar, deixar morrer

    Por Christian Dunker / "Está aberto ao público e à visitação geral esse novo monumento que são as ruínas do Museu Nacional. Junto com as ruínas da UERJ e do Hospital Universitário da USP elas formam parte do novo patrimônio histórico nacional, obra final dessa política que agora tenta se reeleger com DEM, PSDB, PMDB e quejandos." [...]
  • TV Boitempo libera curso online sobre luta de classes hoje!

    A TV Boitempo acaba de disponibilizar um novo curso completo! Ao longo de quatro vídeos, o sociólogo do trabalho Ruy Braga faz uma leitura da atual crise da globalização capitalista e demonstra a vitalidade do conceito de "precariado" para decifrar as novas dinâmicas da luta de classes na contemporaneidade. [...]

Últimas colunas [ver todas]

Boitempo nas eleições

Na estante da Boitempo

Dossiês especiais

TV Boitempo | Destaque da semana

Busca

Boitempo no Instagram

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Boitempo no Twitter

#Marx200

Revista da Boitempo

Assinatura anual

Duas edições, desconto de 10%
R$ 60,00
R$ 54,00

Assinatura bi-anual

Quatro edições, desconto de 15%
R$ 120,00
R$ 102,00

Margem Esquerda

A revista da Boitempo traz ensaios de fôlego sobre os principais acontecimentos de nosso tempo e sobre a conjuntura sociopolítica no Brasil e no mundo, além de estudos sobre os clássicos do marxismo e entrevistas aprofundadas que traçam trajetória intelectual, política e cultural de figuras de destaque na esquerda de hoje, no Brasil e no mundo. Desde 2003, a publicação semestral vem contribuindo de forma decisiva para a difusão do pensamento crítico, consolidando-se como um importante espaço de debate teórico e político da esquerda brasileira.