• Por uma esquerda que não odeie o dinheiro

    Christian Dunker / "Enquanto não inventarmos uma nova maneira de fazer circular o dinheiro sem que ele seja um pecado laico entre nós, será difícil ganhar eleições, se apresentar publicamente sem ser percebido como hipócrita ou arrogante, e recuperar a nossa capacidade coletiva de sonhar." [...]
  • O lugar de Marx e Engels na modernidade: raça, colonialismo e eurocentrismo

    Por Jones Manoel / "O materialismo histórico, na época de Marx e Engels, não combatia apenas o idealismo e outras formas filosóficas burguesas. Batia de frente com as teorias racialistas. O marxismo, antes de qualquer “adaptação nacional” nos países dependentes, coloniais e semicoloniais da África, Ásia ou América Latina e Caribe, já estava inclinado a transformar-se numa indispensável arma na luta antirracista e anticolonial." [...]
  • #BrequeDosApps: enfrentando o uberismo

    Por Ruy Braga e Marco Aurélio Santana / "A generalização do uberismo e tudo o que ele significa em termos de precarização da vida e do trabalho não se restringe ou restringirá à categoria dos entregadores e entregadoras. Trata-se, como bem reparou Paulo "Galo" Lima, dos Entregadores antifascistas, do projeto do capital para a classe trabalhadora como um todo. Há muito em jogo nessas dinâmicas. Por isso, o breque merece toda nossa solidariedade ativa." [...]
  • Žižek: A dialética paralisada da pandemia

    Nossa vida social não está paralisada por estarmos tendo que obedecer a regras de isolamento social e quarentena – nesses momentos de aparente paralisia, as coisas estão mudando radicalmente. A rejeição ao lockdown é na verdade uma rejeição à mudança. [...]

Últimas colunas [ver todas]

Dossiê: Coronavírus e sociedade

TV Boitempo | Destaque da semana

Busca

Boitempo no Twitter

Revista da Boitempo

Assinatura anual

Duas edições, desconto de 10%
R$ 60,00
R$ 54,00

Assinatura bi-anual

Quatro edições, desconto de 15%
R$ 120,00
R$ 102,00

Margem Esquerda

A revista da Boitempo traz ensaios de fôlego sobre os principais acontecimentos de nosso tempo e sobre a conjuntura sociopolítica no Brasil e no mundo, além de estudos sobre os clássicos do marxismo e entrevistas aprofundadas que traçam trajetória intelectual, política e cultural de figuras de destaque na esquerda de hoje, no Brasil e no mundo. Desde 2003, a publicação semestral vem contribuindo de forma decisiva para a difusão do pensamento crítico, consolidando-se como um importante espaço de debate teórico e político da esquerda brasileira.