Olavo de Carvalho, o “ideólogo de Bolsonaro”, contra o professor Haddad

Olavo critica o pós-modernismo, o multiculturalismo e o politicamente correto porque ele é seu maior praticante, no sentido corrompido do termo. É assim que opera um fake thinker, um falso pensador caçador de patos: não é só falta de rigor ou pirotecnia retórica, é a corrupção como irresponsabilidade intelectual.

Por Christian Ingo Lenz Dunker.

Todos os regimes, piores ou melhores, têm o seu ideólogo. Em geral ele não é alguém muito respeitado em sua área ou situa-se perifericamente em relação aos seus pares. Sua função é dupla: justificar as arbitrariedades de quem ele se aproveita para criar projeção e traduzir as mensagens do líder de modo a criar vantagens estratégicas para seus adeptos no exercício do pequeno poder cotidiano. Em geral, o ideólogo não se forma nas fileiras no partido ou nas ideias diretas de seu mestre, mas se aproveita da flutuação de seus pontos de vista para encaixar uma afinidade de circunstâncias. Isso é possível porque a função do ideólogo é sobretudo suspender ou desestabilizar os sistemas que garantem a legitimidade e a autoridade que atribuímos a certas formas de saber.

Por exemplo: o saber jurídico da República de Weimar foi neutralizado por um ideólogo como Roland Freisler, durante a ascensão do nazismo1; o saber universitário americano foi controlado por um ideólogo como Joseph McCarthy, no início da guerra fria; o saber artístico e intelectual soviético foi destroçado por Andrei Jdanov, durante a ascensão do stalinismo. Todos eles eram pensadores medíocres, mas que sabiam usar uma oscilação de tom que os permitia fazer alusões impressivas ao lado de palavras chulas gerando um efeito de autenticidade. Podiam ser também eruditos e especialistas em apenas uma área, mas que transferiam sua autoridade para problemas nos quais não eram realmente estudiosos.

Bolsonaro possui alguém que se comporta dessa maneira e que age conforme os requisitos para o cargo – tanto que foi devidamente reconhecido pelo filho do deputado pelos serviços prestados à candidatura do pai. Olavo de Carvalho possui uma longa ficha de desmascaramentos e refutações marcada pelo exercício continuado da improbidade filosófica. O fato de que ele não tem nenhuma formação regular, como uma graduação em ciências humanas, nem mestrado nem doutorado, não deveria ser um empecilho, afinal existiram muitos bons pensadores que vieram de fora do sistema universitário ou permaneceram em sua periferia. É por isso que o fato de que seus primeiros trabalhos foram sobre astrologia2, que ele tenha sido militante comunista e adepto da seita islâmica Tariqa, que hoje viva refugiado nos Estados Unidos, não o desabonam, mas criam os traços ideais para representar o papel de alguém antissistema, independente e fora da academia. Ele tem o que parece ser suficiente para que acreditemos nele: passagens pelas grandes redações de jornais e revistas, a partir da qual criou-se um grupo de pessoas que gostam de suas ideias. Isso confere uma vantagem grande ao personagem, pois ele poderá desfazer de saberes eruditos, complexos e sempre em controvérsia relativa, como a ciência e a filosofia profissional, representando a sabedoria do homem comum, confirmando seus preconceitos e transferindo convicção e autoridade para aquilo que as pessoas já pensam.

Um ideólogo alimenta-se de oposições, controvérsias e ofensas porque isso cria inimigos necessários para manter uma crença viva, instala uma solidariedade composta pelo ódio e aproveita-se do sentimento de inferioridade intelectual que habita muitas pessoas. Qualquer ataque à sua obra apenas confirma sua situação de pária e injustiçado intelectual e apenas aumenta a aura de perseguido, com a qual se afiniza com as massas. O truque do piques funciona assim: para influenciar meus adeptos uso palavras difíceis, citações e títulos extravagantes ou valho-me da participação em eventos semi-científicos como o Congresso Brasil Paralelo, que contou com mais de sessenta influentes participantes, entre eles nomes como Ronaldo Caiado, Onyx Lorenzoni e Gilmar Mendes que explanaram sobre a realidade do Brasil pelo ponto de vista liberal-conservador3. Repare que a palavra chave é influência, ainda que esta venha pela associação com a notabilidade suspeita do rol elencado. A ideia aqui é que você pode tornar-se sábio por contágio, como se a cultura e o pensamento funcionassem ao modo da revista Caras. Toda vez que alguém acusar a inconsistência de suas ideias, recorra à sua pessoa, ou à do seu crítico. Toda a vez que se aponta a inconsistência de sua pessoa, recorra às suas obscuras ideias incompreendidas. Se nenhuma das duas anteriores der certo, apele para palavrões. “Cu”, “buceta” e “cagada” são expressões recorrentes de nosso autor para exprimir seus conceitos e qualificar seus adversários4.

Mas então como mostrar que Olavo de Carvalho é um fake thinker? Qualquer crítica desse tipo será neutralizada pelo argumento de que eu mesmo sou um professor titular da USP, esse antro de esquerdistas incultos e comprados pelo sistema petista. Se digo o que digo só pode ser por interesse pessoal em preservar meus privilégios, de perpetuar a hegemonia cultural, “tal como Marx e Gramsci propunham”. Ou seja, vale tudo. De um lado, critico o relativismo e a pós-modernidade, de outro me autorizo a falar qualquer coisa porque a verdade virou uma questão de maioria de opinião e de número de adeptos. As ciências humanas comportam uma variedade de tradições e entendimentos, o que dá margem para as posições mais heterodoxas.

Examinemos o problema de um ponto de vista muito tosco e elementar, mas não obstante objetivo. Há um sistema imparcial que agrega e compara essa variedade de posições própria ao campo da ciência, validando o valor e a legitimidade do conhecimento que se produz, a partir da própria comunidade de cientistas. Este sistema vale para qualquer um que publique qualquer coisa em ciência, em qualquer lugar do mundo. Trata-se do Google Scholar (“Google Acadêmico”, no Brasil), ou seja, uma forma de quantificar quantas vezes e por que qualidade de revista científica seus livros ou artigos são citados por outros autores. Todo pesquisador tem um i-10 que é o índice de citações que seus textos têm na comunidade internacional e que vale como medida de reconhecimento da relevância de seu trabalho. Portanto, não vale dizer que o sistema universitário ou que a filosofia brasileira não reconheceu ou persegue as ideias inovadoras e incompreendidas de nosso autor.

O sistema tem várias críticas, mas ele serve como uma espécie de peneira genérica para falar sobre quem é quem quando se trata de ciência. A vantagem é que qualquer um pode entrar neste sistema e verificar a quantidade e qualidade de citações que um autor tem5. Por exemplo, um pesquisador de esquerda como Vladimir Safatle, com 45 anos, tem um i-10 de 40, que corresponde a 282 citações de sua principal obra6. Um reconhecido autor de direita, como José Guilherme Merquior, tem 331 citações em sua obra mais conhecida. Olavo de Carvalho tem 30 em sua obra magna O que você precisa saber para não ser um idiota, sendo que, destas, 28 são referências de pesquisas sobre a emergência do pensamento conservador no Brasil, discursos contra a corrupção e pesquisas sobre jornalismo político. Ou seja, citam o texto como índice de fenômeno social, a emergência de uma nova direita, e não por suas ideias em si. Sua obra mais “técnica”, Teoria dos discursos em Aristóteles, tem apenas três citações na área da filosofia, todas desabonando seu trabalho.

Isso significa que não é que suas ideias são rejeitadas, mas que seu pensamento é irrelevante para a área na qual ele se situa. Mostrar seus erros técnicos, suas ilações inconsequentes e outras fragilidades de alguém que não sabe pensar com rigor é como colocar um time amador em comparação com um profissional. Uma seleta das afirmações erráticas de Olavo de Carvalho incluem: a ONU apoia o terrorismo, Pepsi é feita com fetos abortados, há uma conspiração comunista global e o movimento gay é parte dela, a Lei da Inércia é falsa e Isaac Newton era burro, há livros ensinando crianças fazer sexo oral com elefantes, o Brasil hoje é uma ditadura comunista, a mídia apoia os gays para promover o controle populacional, o marxismo nasceu do satanismo, Darwin é o pai do nazismo, a web foi criada para combater o ateísmo, o ser humano não precisa de cérebro pra viver, o nazismo e FMI são de esquerda, Bill Clinton era um agente de Pequim, os EUA entraram no Vietnã para perder, há 40 milhões de comunistas no Brasil, cigarro não dá câncer (ele é um fumante inveterado), não há diferença genética entre humanos e chimpanzés na gestação, o empresariado nunca se organizou politicamente, a ditadura foi branda e tinha eleições democráticas, o General Geisel era comunista.

Os títulos de seus livros incluem coisas como O dever de insultar e O imbecil coletivo II. Sua Teoria das doze camadas da personalidade é um resumo ridículo e pretensioso das concepções psicológicas mais correntes em psicologia. Algo assim como se eu pedisse a um aluno de terceiro ano que me contasse em 19 páginas tudo o que se disse até aqui sobre o conceito de personalidade. Tipo: conheça 13 capitais da Europa em quatro dias e descubra a verdade da milenar cultura ocidental, rápido e barato. São textos que fazem vergonha alheia e denunciam o provincianismo indefeso do brasileiro médio em matérias não escolares.

Como vimos, ideólogos servem principalmente para serem usados na desqualificação de saberes e autoridades simbólicas ou estrategicamente importantes. Por isso, não adianta dizer que eles não são sérios, pois isso só confirma, na língua da alienação, que eles são outsiders e “antissistema”. Fernando Haddad, pode ser criticado como um mau prefeito, como membro de um partido corrupto ou como alguém que toca violão muito mal, mas o seu i-10 é de 15, contra “nem entra em campo” de Olavo de Carvalho. Sua obra Plano de desenvolvimento da educação7 foi citada 127 vezes, sempre em contexto técnico ou científico. Haddad conclui o curso de direito na USP, depois fez mestrado em economia e doutorado em filosofia na mesma universidade.

Mas o que são títulos? Tantas pessoas têm títulos e não sabem nada, não é mesmo? Haddad estudou em McGill, a melhor universidade canadense, o Carvalhão não terminou seu mestrado, mas para quê estudar fora? Durante mais de dez anos Haddad fez o que faltou decisivamente na formação de Olavo de Carvalho: deu aulas para alunos reais de um curso de graduação. Mas qual é o valor disso? Afinal a USP nunca teve um filósofo que se preze (afirmação textual do próprio). Haddad deu aulas com notas, frequência, alunos inquietos ou indolentes, aulas de verdade. Aulas públicas, abertas e gratuitas e não cursos pagos pela internet. É neste contexto de desigualdade maiúscula, que testemunha a ignorância de muitos em reconhecer a diferença entre um verdadeiro professor e pesquisador e um “bundão” que fica atrás da mesa falando e caçando patos nos EUA (no sentido literal e metafórico), que podemos examinar as afirmações de Olavo de Carvalho sobre o livro de Haddad8:

1.O PT quebra imagens, esfrega o crucifixo nos órgãos genitais, urinam [sic] na Bíblia e agora quer apoio católico”. A afirmação é grotescamente falsa. A pergunta de fundo é: para quem esta mensagem pode ser persuasiva, a ponto de ser retuitada pelo filho do deputado Jair Bolsonaro? Para alguém que jamais lerá este texto, que não compreende o que é pesquisa, que só entende que devemos dar crédito a pessoas famosas. Quanto mais espetacular a chamada mais ela tem efeito. Realmente, qual é a diferença disto e de mentir para ser eleito?

2. Como disse Caetano Veloso: “Considero o texto de Olavo incitação à violência. Convoco meus concidadãos a repudiá-lo. Ou vamos fingir que o candidato dele já venceu a eleição e, por isso, pode mandar matar quem não votou nele?9 Ou seja, a conspiração comunista, a hegemonia cultural da esquerda universitária e tudo o mais que o caçador de patos denuncia é exatamente o que ele está imediatamente disposto a praticar. Um intelectual que defende a violência como método perde imediatamente o direito ao uso desta qualificação, tornando-se imediatamente um “idiota”, cumprindo assim o lema de que as pessoas transformam-se naquilo que elas mais odeiam.

3. Todavia, o campeão da inconsequência e o prêmio maior de Tolice do Ano, e que me leva a escrever este texto, vai para sua afirmação de que Haddad queria vencer o “tabu do incesto” para implantar o socialismo no Brasil. Haddad faria “apologia do incesto”, provavelmente como extensão do “kit gay” (que nunca existiu) e da “ideologia de gênero” (que é outra invenção brasileira para traduzir, em idioma de má fé, os “estudos de gênero”, disciplina universitária presente em Harvard, Cambridge e Yale). Depois da repercussão imediata de tamanho erro, facilmente verificado pela imprensa, Olavo de Carvalho retirou o post e o substituiu por outro dizendo que Haddad “subscrevia integralmente a sociedade erótica, advogado pela Escola de Frankfurt que advoga a erotização da relação entre mães e filhos10.

Ora, o tabu do incesto é uma expressão usada por Freud em seu texto de 1913, Totem e tabu, para designar o fato de que em todas as culturas humanas conhecidas há uma restrição para o casamento dentro da própria família. Desta regularidade Freud inferiu a existência de um potencial desejo da criança pela mãe, que deu origem à hipótese do complexo de Édipo. Este desejo é reprimido dando origem ao processo de socialização como reconhecimento de uma lei maior que nos impede de realizar tudo o que queremos. Muitas culturas e alguns padrões de família exageram essa repressão, criando crianças demasiadamente proibidas em seus desejos e em suas vidas eróticas. Por isso uma transformação social deveria atentar para padrões menos rígidos de repressão e de implantação da lei. Ora, essa tese simples e difundida amplamente, tanto entre pensadores de direita quanto de esquerda, foi deformada para justificar a “erotização da infância” e a “apologia do incesto”. É assim que opera um fake thinker, um falso pensador caçador de patos. Ele toma uma ideia, a deforma sem rigor, e depois a usa para causar medo nas pessoas. Isso não é uma questão de “interpretação” ou “ponto de vista”, as ciências humanas podem admitir variações e variedades, mas elas têm um critério, que é o do rigor. Neste caso é claro e cristalino que nem a psicanálise, nem a Escola de Frankfurt, nem Haddad defendem a “apologia do incesto” ou a “erotização da infância”.

Essa inconsequência com os conceitos está longe de ser apenas um vale tudo acadêmico, ela é uma prática específica de relação com a palavra. Olavo critica o pós-modernismo, o multiculturalismo e o politicamente correto porque ele é seu maior praticante, no sentido corrompido do termo. Chegamos assim ao termo correto para o tipo de pensamento cultivado por Olavo de Carvalho: não é só falta de rigor ou pirotecnia retórica, é a corrupção como irresponsabilidade intelectual. Neste dia do professor é preciso agradecer e saudar os docentes, mas também perceber que há os traidores da classe. Não são aqueles que informal mal, ou que transmitem no limite de suas possibilidades e de sua formação, mas os que propositalmente dizem mentiras. Desinformar as pessoas em um país tão carente de professores e de ensino, fazê-lo de forma proposital e com fins políticos (lembremos das adesões diretas de Bolsonaro e seus filhos à Olavo de Carvalho), usar palavrões e praticar falta de decoro acadêmico só merece um juízo, como diria o Capitão Nascimento: pede para sair!

Notas

1 Christian Ingrao, Crer e destruir: os intelectuais na máquina de guerra nazista da SS (Rio de Janeiro, Zahar: 2017).
2 Olavo de Carvalho, A imagem do homem na astrologia (1980).
3 https://pt.wikipedia.org/wiki/Olavo_de_Carvalho
4 Exemplo de um tuite de 17 de setembro de 2018: “Quer o chamem de ‘Bolsominion’ por ser eleito do Bolsonaro, ou de ‘falso direitista’ por preferir outro candidato, a resposta oficial, nós dois casos, deve ser: — É o cu da mãe.”
5 https://scholar.google.com.br/scholar?hl=pt-BR&as_sdt=0%2C5&q=fernando+haddad+&btnG=
6 https://scholar.google.com.br/citations?user=fw3hwBYAAAAJ&hl=pt-BR
7 Fernando Haddad, O Plano de Desenvolvimento da Educação: razões, princípios e programas, Brasília, Inep/MEC: 2008.
8 Fernando Haddad, Em Defesa do Socialismo. Petrópolis, Vozes: 1998.
9 Caetano Veloso, “Olavo faz incitação à violência; convoco meus concidadãos a repudiá-lo“, Folha de S.Paulo, 14 de outubro de 2018.
10 Gilmar Lopes, “FALSO: Fernando Haddad defende incesto entre pais e filhos em seu livro?“, E-farsas, 14 de outubro de 2018.

Boitempo nas eleições // Na nossa cobertura das eleições 2018 realizamos uma série de ações que buscam contribuir com a reflexão coletiva durante o período, entre as quais a publicação de textos inédito no Blog da Boitempo, vídeos na TV Boitempo e um serviço gratuito de indicações de leituras pelo WhatsApp, com curadoria da equipe editorial. Reflexões de Luis Felipe Miguel, Boaventura de Sousa Santos, Vladimir Safatle, Flávia Biroli, Esther Solano, Ricardo Antunes, Mauro Iasi, Christian Dunker, Rosane Borges, Mouzar Benedito, Dênis de Moraes, Flávio Aguiar, Felipe Brito, entre outros. Clique aqui para conferir.

***

Este sábado, Christian Dunker se juntou a Vladimir Safatle, Ruy Braga e muitos outros na atividade “As eleições de 2018 e o futuro do Brasil”, convocada em caráter de urgência pela Igreja Povo de Deus em Movimento (IPDM). Confira a gravação integral abaixo.

***

Christian Ingo Lenz Dunker é psicanalista, professor Livre-Docente do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), Analista Membro de Escola (A.M.E.) do Fórum do Campo Lacaniano e fundador do Laboratório de Teoria Social, Filosofia e Psicanálise da USP. Autor de Estrutura e Constituição da Clínica Psicanalítica (AnnaBlume, 2011) vencedor do prêmio Jabuti de melhor livro em Psicologia e Psicanálise em 2012 e um dos autores da coletânea Bala Perdida: a violência policial no Brasil e os desafios para sua superação (Boitempo, 2015). Seu livro mais recente é Mal-estar, sofrimento e sintoma: a psicopatologia do Brasil entre muros (Boitempo, 2015), também vencedor do prêmio Jabuti na categoria de Psicologia e Psicanálise. Desde 2008 coordena, junto com Vladimir Safatle e Nelson da Silva Junior, o projeto de pesquisa Patologias do Social: crítica da razão diagnóstica em psicanálise. Colabora com o Blog da Boitempo mensalmente, às quartas.

117 comentários em Olavo de Carvalho, o “ideólogo de Bolsonaro”, contra o professor Haddad

  1. Luiz Eduardo // 15/10/2018 às 4:23 pm // Responder

    Obrigado pelo texto magistral professor Dunker! Olavo de Carvalho não possui nível intelectual para debater com você, ele deve se recolher a sua insignificância.

    Curtido por 1 pessoa

    • Assim como ele deve se recolher, você deve parar de comentar merda na internet pagando de intelectual e desenvolver um pouco de senso crítico, afinal até um idiota vitimista que não aceita nenhuma ideia, sabe que esse texto claramente são para as pessoas bucéfalas que não sabem que estão sendo induzidas a aceitar mentiras. Mas, claro, quem disse que isso é problema meu?

      Curtir

    • PT vive de clichês publicitários elaborados por marqueteiros. Nada espontâneo. Mas apenas um frio slogan (tal qual “Dononinho Vale por Um Bifinho”/Ou: “Fiat Touro: Brutalmente Lindo”). Não tem nada a ver com um projeto de Nação. Eis:

      0.
      “Coração Valente”
      1.
      “Fica Querida”
      2.
      “Impeachment Sem Crime é Golpe”
      3.
      “Foi Golpe”
      4.
      “Fora Temer”
      5.
      “Ocupa Tudo”
      6.
      “Lula Livre”
      8.
      “eleição sem Lula é fraude” [kuá!, kuá!, kuá!].
      7.
      “O Brasil Feliz de Novo”
      8.
      “Lula é Haddad Haddad é Lula”
      9.
      “Ele não”.
      10.
      “Haddad agora é verde-amarelo” [rsrsrs].

      PT é vigarista.
      É o tal de: “me engana que eu compro”.

      Curtir

    • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!

      Curtir

      • Marcelo, estou louquinha pra ver quanto tempo voces vao aguentar comentar na internet.
        A proposito, voce vai ficar 5 anos comentando para o Bolsonaro sem ganhar nada?

        Curtir

  2. O texto é interessante, realmente descreve a maneira de operar do Olavo. Mas essa lista de “afirmações erráticas” tem como fonte o fórum de jogos UOL?! Tenho certeza que o artigo se sustenta apenas citando um par dessas pérolas, como a da “Fetsi”, que tem registro em vídeo, e seus textos sobre Newton, disponíveis em sua página, já que as outras supostas afirmações são mais difíceis de serem verificadas.

    Curtir

  3. Muitíssimo inteligente o Olavo Carvalho. Uma bússola. O nó Norte do Brasil.

    Curtir

  4. Nossa, alguem chama o samu pro olavo. Pq fas iso cristianu? Mas, sem brincadeira, a probabilidade de alguma olavete ler criticamente esse texto é nula, é a mesma probabilidade de que pai marx ressuscite e implante uma ditadura gaysista aqui no br.

    Curtido por 1 pessoa

  5. O próximo passo é varrer com vcs das faculdades.

    Curtir

  6. Poderia eu ficar aqui escrevendo um textão para refutar tuas ideias, entretanto, deixo ao Olavo. Tudo o que você disse é exatamente o que você faz.

    Boa sorte, terás um monte de doentes para tratar.

    Isto é garantir a empregabilidade né Sr. Christian Ingo Lenz Dunker

    Um forte abraço!

    Curtir

    • Tiago, o Olavo de Carvalho nao consegue nem dar aulas em universidades publicas, imagine entao argumentar ponto a ponto contra as criticas de Dunker. Quero ver e ler!

      Curtir

  7. Dor de cotovelo em formato de dissertação.

    Curtir

    • Ademir, voce aguenta ficar 5 anos trabalhando de graca para o Bolsonaro? Pois eh, gracas a Deus, que assim que acabar as eleicoes voces vao desaparecer e com voces o Bolsonaro.

      Curtir

  8. Rafael Nascimento // 15/10/2018 às 8:05 pm // Responder

    Depois da vitória do Bolsonaro, o próximo passo é botar tipos como esse Christian Dunker pra trabalhar porque a teta pública vai acabar.

    Curtir

    • Caramba, haja teta pública hein? Se fosse ter verba p todo mundo q vcs acusam tinha que ter o orçamento de 2 EUA…. presta atenção no que vc fala!!!

      Curtir

    • Nascimento, eu tenho pena de voces porque eh possivel ver atraves do que voces escrevem o baixo nivel educacional de voces. Fico muito triste porque o PT ficou pouco tempo no poder e voces nao puderam frequentar universidade publica. Nao sinta inveja do Dunker, estude e entre na USP!

      Curtir

  9. Obrigado pela consistência desse texto professor. Mais do que necessário!

    Curtir

  10. Jerry Adriano Raimundo // 15/10/2018 às 9:45 pm // Responder

    O texto é ácido, vigoroso … não aceita clemência e deve gerar muito xingamento do Carvalhão! Fico satisfeito de ter essa referência para podermos contrapor/interditar as palavras de fakeThinker, visto que a população prefere esse discurso infame e verborrágico.

    Curtir

  11. Oswaldo Martins // 15/10/2018 às 9:51 pm // Responder

    O cara acha que compreendeu a fundo o Olavo de Carvalho com base em Wikipedia e Google Scholar, acha que o magnum opus dele foi “O Mínimo que você precisa saber […]” (que é um compilado de artigos, editado por OUTRA pessoa), contrapõe com o paradigma máximo de filósofo chamado Vladimir Safatle (risos?) e cita Joseph Mcarthy como exemplo de ideólogo. Meu amigo, pare de passar vergonha…

    Curtir

    • Martins, vai aprender a escrever porque ler um texto confuso e cheio de ideias sem conexao nao da. Pelo amor de Deus, volta PT pra esse povinho frequentar universidade publica!
      Pobraiada burra! Depois quem nao estudou foi o LULA.

      Curtir

  12. Gisleno silva nogueira // 15/10/2018 às 9:55 pm // Responder

    Parabéns cara você é verdadeiro idiota. Escreveu texto desde só para que olavo tem razão. ( universidade no brasil tem comunista). Vai pra vemezuela alienado esquerdopata. Budão!!

    Curtir

    • Nogueira, vai ver se na universidade tem comunista e aproveita e da uma boa estudada porque ler texto mal escrito eh uma furada!

      Curtir

  13. 7 http://forum.jogos.uol.com.br/23-frases-de-olavo-de-carvalho_t_3391617 – > Citação número 7 da “análise” feita por Christian Dunker.Este texto de Dunker é o exemplo acabado da desonestidade e baixeza de nossa classe universitária-militante.Posam de “rigorosos” e representantes da “probidade intelectual”,ao mesmo tempo que citam o “fórum de jogos UOL” como fonte da filosofia “profunda” e da posição central da obra de um filósofo.

    Curtir

    • Ele não citou o Forum do Uol. Apenas esse forum em particular já possuía a citação do Astrolavo, inclusive várias outras páginas da internet possuem esse compilado de pérolas do “mestre”. O Olavo solta essas pérolas nas páginas do Face e do Twitter e em vídeos no Yt tb, foi dai que ele tirou.

      Curtir

  14. Muito bom! Olavo de carvalho é um doidinho e os que seguem ele são uns coitados intelectualmente.

    Curtir

    • Só porque você sabe escrever frases bonitas não significa que sua intelectualidade é maior que a de Olavo de Carvalho. Que tal desenvolver um pouco do senso crítico e a analisar os fatos ao invés de aceitar um texto bem formatado, com palavras bonitas, que claramente te induz a aceitar uma ideia sem nem ao menos ser imparcial ou justo? Se quiser me responder, que responda direito, e então ganhará uma resposta.

      Curtir

      • Renan, depois de se cansarem de ler meus comentarios na internet voces ate que aprenderam de que jeito eh a estrutura de um texto. Voces se lembram de como voces escreviam ha dois ou tres anos atras? Mas ainda faltam detalhes na escrita critica de voces. Falta leitura do texto que voces criticam pra poder escrever uma boa argumentacao critica.
        A proposito, voces tem que ler teoria politica de direita: Maquiavel, Hobbes, Locke, Emile Durkhein, Adorno, etc…
        Pra poder escrever bem eh bom ler livros sobre o assunto que se gosta.

        Curtir

    • deixe eu adivinhar, e vc é uma bichooona…

      Curtir

  15. Sabrina C C Branco // 15/10/2018 às 11:10 pm // Responder

    Você conseguiu chamar minha atenção. Só por falta de tempo e porque tenho que dormir cedo, mas vou deixar para depois. E vou lhe por no seu devido lugar.

    Curtir

  16. O artigo é tão cheio de mentiras que, pra refutar, só com muito saco mesmo. O texto já começa com vigarice. “Todos os regimes, piores ou melhores, têm o seu ideólogo. Em geral ele não é alguém muito respeitado em sua área ou situa-se perifericamente em relação aos seus pares” Primeiro que Olavo não é ideólogo de nada e segundo que, pelo visto, o autor não sabe nem o que é ideologia para sair rotulando assim. Cita depois, “não é alguém muito respeitado em sua área”. Ok, ache UM e só UM brasileirinho que tenha a capacidade de vencer no debate o ideólogo(esse siiiim!) do Vladimir Putin. Não Acha, simples! Ou que tenha escrito algum livro há mais de 20 anos e explique com precisão o Brasil de hoje, como o “nova era e a revolução cultural”. Não tem! Ai, ele tem menos citações que o (argg) Vladimir Safatle no google scholar. Ahn é ? Então por que ele é o único que tem página na Wikipédia em inglês, se é tão irrelevante ? Por que a gente acha vídeos de livros do Olavo sendo debatido, mas não acha desses outros que o autor puxa o saco ? https://www.youtube.com/watch?v=hmFxPUL18TI. O cidadão aí tbm diz: “Olavo de Carvalho possui uma longa ficha de desmascaramentos e refutações marcada pelo exercício continuado da improbidade filosófica.” Ok, defensor da organização criminosa do Petê, CITE alguns desses desmascaramentos para a gente ficar a par da situação. Simplesmente não tem, pega frases soltas e fica igual menino de twitter, “Olavo é astrólogo, não precisa de mais explicações.”

    Poderia ter um debate entre os dois, aposto que ele humilharia esse militante pseudo psicalista até na área de atuação dele.

    Curtir

    • Você tirou as palavras do meu cérebro. Apertou o bonachão sem abraçar…é somente mais um esquerdista de nossa militância universitária, formando irresponsavelmente mais jeans wyllins e congêneres…

      Curtir

    • Sua argumentacao nao eh valida porque voce nao prova seus argumentos. Voce deve provar que o que voce escreve eh verdade e pra isso voce nao pode dar sua opiniao, o que voce acha, voce deve provar que argumentacao do outro eh falsa. Entao voce deve desmontar a logica do pensamento do adversario e assim provar que ele fala mentira apenas atraves do que ele escreve e nao atraves da destruicao da sua moral da sua etica.

      Curtir

  17. Rapaz, inveja mata. Sabia?
    Vc deveria reconhecer um mestre, sem que este precise lhe mostrar um diploma.
    E ainda temos que ler essas baboseiras mal escritas que vc publicou…
    Amigo, vai estudar, vai?
    Nem te conheço, nunca ouvi falar em vc…
    Já começou mal…
    O Olavo é um gênio! Uma das pessoas mais inteligentes que a internet me apresentou!
    Vai estudar amigo!
    Não fode, porra!

    Curtir

    • Veronica, busque provar atraves de argumentacao logica que o Dunker esta errado. O que voce fez apenas demonstra que voces nao sabem debater, discutir, conversar sobre um assunto. Evite escritas que sujam a moral, a etica e destroem os valores da pessoas. Prove com educacao que o professor Dunker esta errado.

      Curtir

  18. Rapaz, inveja mata. Sabia?
    Vc deveria reconhecer um mestre, sem que este precise lhe mostrar um diploma.
    E ainda temos que ler essas baboseiras mal escritas que vc publicou…
    Amigo, vai estudar, vai?
    Nem te conheço, nunca ouvi falar em vc…
    Já começou mal…
    O Olavo é um gênio! Uma das pessoas mais inteligentes que a internet me apresentou!

    Não fode, porra!

    Curtir

    • Em nenhum momento o autor do texto desqualificou o Olavo por ele não ter diploma, até diz que existem pensadores competentes sem nenhum tipo de formação, o problema não é esse. E só porque você não conhece o autor, logo ele “começou mal”, não é digno da sua atenção. Tudo que é bom é o que está no seu campo límitrofe de atenção e conhecimento? Você quem deveria estudar e conhecer o Sr. Dunker então. Ainda termina com um chavão do “mestre”, “HUURR DUUURR nÃO fODDE pOOra!!!11111”

      Curtir

    • Veronica, voce nao consegue escrever outra critica ao texto, porque? Um texto longo onde existem muitas informacoes e voce apenas consegue publicar a mesma critica duas vezes? Nao se fode nao, porra!

      Curtir

  19. Comparaçoes tendenciosas grotescas, visando desqualificar o grande filósofo Olavo de Carvalho. Bem se vê o DNA esquerdista, maledicente dessa editora, enaltecendo a ala corrupta dos malfadados políticos brasileiros . Citar Haddad e seu livro comunista? Um sujeito com 32 processos e narionete de um ladrão…francamente!

    Curtir

    • Só vi ataques ad hominem no seu comentário. E as refutações com alguma base científica, saem hoje ou que dia? OBS: não vale fake news do zap

      Curtir

  20. Jorge de mello alencar // 16/10/2018 às 5:51 am // Responder

    Deus abençoe infinitamente Olavo de Carvalho.E o choro e livre.Bolsonaro 2018.

    Curtir

    • Aída Paiva // 02/11/2018 às 1:01 am // Responder

      Mello alencar, percebe-se que voces pegam as criticas que voces receberam e colocam nos seus comentarios contra as pessoas que voces odeiam.

      Curtir

  21. José Garcia Mendez // 16/10/2018 às 6:10 am // Responder

    Ora vejam só!
    O cidadão dá a entender que o apoiador de Bolsonaro, Olavo de Carvalho, “aparece” para “ganhar fama”, quando é justamente o contrário.
    Olavo está a anos nos mostrando como essa esquerda suja que hoje domina nossas universidades e suas “cabeças pensantes”, como o autor deste texto, manipula, ou tenta manipular o pensamento das pessoas; principalmente nos meios de formação do pensamento.
    Dito isso, traz argumentos totalmente refutaveis, citando autores tendenciosos, usando o método do qual crítica…
    Para completar cita como algumas referências: Wikipedia…
    Caetano Veloso…
    Fernando Haddad
    Etc…
    Etc…
    O mal de vocês “pensadores” é achar que só vocês pensam!
    Para terminar, adoraria ver um debate entre o senhor e o Olavo…
    Mas acho que ele, Olavo, não perderia esse precioso tempo…

    Curtir

  22. Quem é o pensador aqui é você, deve ter sido aluno da USP ou Unicamp reduto dos pseudo intelectuais cujo os artigos acadêmicos sequer são são citados em artigos com alguma relevancia, me pergunto como um blog que propaga tanta idiotice se mantém e com certeza é com dinheiro de petistas, paulistas e afins , ou seja dinheiro do contribuinte.

    Curtir

  23. Carlos Mac Cord Gonçalves // 16/10/2018 às 7:15 am // Responder

    O idiota desse texto imenso de merda escreveu muito e nao disse porra nenhuma. É há que elogie essa bosta…

    Curtir

  24. Anderson Gomes da Silva // 16/10/2018 às 9:31 am // Responder

    Acho que o professor Dunker esteve fora do Brasil nos últimos anos. Embora a afirmação de que “O PT quebra imagens e etc”, seja metonímica, nem por isso é menos verdadeira. Quando Haddad (PT) esteve à frente da Prefeitura de São Paulo (2013-2016), bancou a realização, entre outros eventos, da 19º Parada do Orgulho LGBT com 1,3 milhões dos cofres públicos, um dos mais horrendos espetáculos de profanação de símbolos religiosos que já se viu no Brasil, conforme se pode ver a seguir (Nem todas as fotos são do referido evento): http://www.blogtvwebsertao.com.br/2015/06/parada-gay-de-sao-paulo-brinca-com.html

    Curtir

  25. Os zumbis olavetes atacam em todos os lugares. Está certo, zumbis, o Olavão é uma sumidade no campo do conhecimento.

    Curtir

  26. Mauro Luis Iasi // 16/10/2018 às 10:45 am // Responder

    Muito bom o texto, como sempre. Meu texto mais citado no Google Acadêmico tem 305 citações (Ensaios sobre consciência e emancipação humana), o que não impediu Olavo de Carvalho de afirmar que minha produção acadêmica (que ele não leu) que apresenta “o total desconhecimento dos assuntos em que pontifica e a presunção de superioridade moral, quando não intelectual“.
    “Fake Thinker”, perfeito.

    Abraços
    Mauro

    Curtido por 1 pessoa

    • Você é aquele bundão do partido comunista, q ameaçou fuzilar a oposição? Meu filho,você não é nem chegará a ser um intelectual.Você é apenas um propagandista,dos mais chulos,produtor de obras panfletárias – consumidas exclusivamente nos círculos internos da esquerda militante mais vagabunda.As citações referidas são apenas prova da “interproteção mafiosa” que os acadêmicos de esquerda prestam à sua claque.

      Curtir

      • Mauro Luis iasi // 16/10/2018 às 2:43 pm // Responder

        Olá Ajax (suspeito que é um nome falso não é?),

        Seus argumentos são muito sólidos, densos e desvendam a realidade de forma incontestável. Fiquei tocado com sua profundidade… não sou e nunca chegarei a ser um intelectual… nossa, vou repensar tudo que já escrevi.

        Continue tentando…

        Curtido por 1 pessoa

      • Aída Paiva // 02/11/2018 às 1:30 am // Responder

        Ajax, talvez Dunker seja um “bundao do partido comunista” mas o importante eh saber quem eh voce?

        Curtir

    • Lucas Rinaldi // 16/10/2018 às 6:41 pm // Responder

      Ainda ressentido com a surra que levou naquele artigo do Olavo? Kkkkkkkkk.

      Bom, quanto ao seu comentário, conclui-se que a quantidade de citações de um texto dirime que seu autor seja criticado. Estupendo!

      Curtir

  27. Seu texto para ficar ruim, precisa melhorar muito! És professor da USP? Em que posição a USP está entre as melhores universidades entre todos os países? Sabes? Deves saber, então recolha-se a sua insignificância!

    Curtir

    • Aída Paiva // 02/11/2018 às 1:35 am // Responder

      Charles, esse ranking das universidades eh fake! O ranking das universidades tambem faz parte do sistema capitalista e nao corresponde a realidade porque sujeito aos mandos do capital. O ranking das universidades esta subordinado as bolsas de valores entao nao eh verdadeiro.

      Curtir

    • Charles, nos mostre um pouco da sua inteligência e detone o Christian com argumentos. Fico no aguardo!
      É verdade, a USP “só” é a melhor Universidade do Brasil.

      Curtir

  28. jose fernando junqueira // 16/10/2018 às 1:19 pm // Responder

    Olavinho é um traço indistinto entre o nada ea coisa nenhuma , mais a sua adoração mostra bem o ” ponto de virada ” de que a Terra é realmente plana , recomendo ao abencerragem filosófico que faça em casa alguns pranayanas para melhorar o enfisema que o espera por consumir aquele cigarrinho na terra de Malboro .

    Curtir

  29. A mediocridade na argumentação, erros de digitação ou de português no artigo e “figuras” utilizadas para embasar as críticas a Olavo, apontam para uma forte necessidade do autor de ter que “comer muito arroz com feijão” ainda.
    Experimente gibis. São muito mais simples.

    Curtir

    • Aída Paiva // 02/11/2018 às 1:43 am // Responder

      Vitor, uma pessoa que diz que a argumentacao de Dunker eh mediocre e no fim manda ler gibis nao eh pra ser levada em conta. Quando voce diz que a argumentacao eh mediocre voce deve provar que eh mediocre porque senao seu comentario nao vale. Erros de digitacao sao responsabilidade do digitador e da editora. A forma como Dunker ilustra o que escreve voce esta chamando de figuras?

      Curtir

  30. Lucas Rinaldi // 16/10/2018 às 2:09 pm // Responder

    Como se um psicanalista falando em “rigor” já não fosse suficientemente cômico – além de praticamente avaliar um autor por posts e frases escritas ou ditas em redes socias, o sujeito termina fazendo uma loa ao sujeitinho que confunde “cabeçario com “cabeçalho” (Haddad).

    E, claro, Olavo não é reconhecido por “seus pares – Miguel Reale, Desiderio Murcho etc, nada valem. Fodão mesmo é o Dunker, que solta uma pérola – entre inúmeras – como esta: “o saber universitário americano foi controlado por um ideólogo como Joseph McCarthy, no início da guerra fria.”

    Embora eu discorde de uma série de posições, tanto políticas quanto filosóficas de Olavo, uma coisa é inegável: seus artigos onde polemiza com genuínos “fake thinkers”, no fim dis anos 90, são DEMOLIDORES. O Dunker poderia aprender algo om eles.

    Curtir

    • Aída Paiva // 02/11/2018 às 1:46 am // Responder

      Rinaldi, voce acha que os falsos pensadores eh uma coisa boa. O que voce vai fazer se todo mundo virar um falso pensador?

      Curtir

  31. Concordo com tudo que você falou, mas venho acompanhando o Olavo de Carvalho há alguns anos, e sei das suas capacidades intelectuais para converter devotos para o “Olavianismo”. MBL é fruto disso, outros grupos de direita e liberais/neoliberais, também são fruto disso, Bolsonaro é fruto disso. Chegamos num momento onde não se pode mais ignorar as falas de Olavo de Carvalho como se fossem assuntos menores, porque não é. Enquanto se releva e trata esse senhor com desdém, cada vez ele ganha mais força entre os ignorantes que buscam uma sombra intelectual para justificar suas carências morais.

    Eu acompanho o que Olavo de Carvalho vem falando há vários anos, como por exemplo, que o PSDB é de esquerda, que Paulo Freire significa a decadência da educação, que o objetivo do PT é implantar uma ditadura comunista, que a impressa e cultura brasileira são pagas para esconder isso, sendo isso tudo fazendo parte de um conchavo maior do plano comunista de dominar o mundo através de uma ditadura gayzista, pedofila e incestuosa… e muito mais, tantos chavões hoje repetidos por MBL, Bolsonaro e enxurradas de fakenews, são derivações, também, de sua fala virulenta.

    Antes de estarmos onde estamos hoje, Bolsonaro quase presidente, vi por varias vezes a família Bolsonaro se relacionando intimamente com Olavo de Carvalho, trocando elogios e delírios intelectuais a respeito do país. Olavo de Carvalho é uma pessoa que fala que a esquerda não merece ser ouvida, que são todos sociopatas e devem ser tratados como tal. O discurso de Olavo de Carvalho é um Bolsonaro polido e mergulhado num eruditismo conservador preservado em formol. Suas ideias são antiquadas e neandertais, não percebe que o mundo mudou e é composto de uma gama de social e humana além de seu tempo.

    De toda maneira, se existe um motor da intelectualidade conservadora que assombra o Brasil hoje, esse motor não é a Globo, a Globo é a maquinaria do senso comum, Olavo de Carvalho é a pessoa responsável por formar uma classe intelectual de imbecis, imbecis no sentido correto da palavra, eles não são capazes de dialogar. As pessoas que tem ou tiveram Olavo de Carvalho como guru intelectual, aprenderam a desumanizar aqueles que discordam da sua visão de mundo, para eles, essas pessoas são a caricatura de um mundo que eles tanto negam aceitar e por isso mesmo merecem ser destruídos, limpados do mapa, higienizados do convívio social e político.

    Por isso quero dizer isso, a partir desse momento, temos que levar muito a sério pessoas como Bolsonaro e Olavo de Carvalho. Olavo de Carvalho não é alguém que pode ser tratado com esteriótipo, fazer isso é negar a verdade do que ele é e representa. Não é um diploma que faz um filósofo, é o seu caminho e ele tem esse caminho. Ele tece ideias e elabora pensamentos que tangem a realidade através de um caminho próprio, direções e regimentos que ele mesmo construiu e caminhou para chegar aí. Lendo muito, comparando, mudando de ideia, estudando, e agora sendo capaz de mover legiões. Mesmo com sua retórica vil e um discurso tosco. Sendo considerado um intelectual conservador, deve ser ouvido e entendido como tal, se nós não fizermos isso, um outro lado vai fazer e ganhar cada vez mais força na nossa omissão e falta de entendimento de como acontece a quebra de símbolos e de cultura.

    Olavo de Carvalho, assim como Bolsonaro, fala tudo sob a justificativa de uma moral cristã e de uma pátria forte. No livro de Sun Tzu, a arte da guerra, se fala sobre a importância de conhecer as armas do inimigo, você conhece as armas do inimigo, ou só reage a cada investida que essa criatura perpetua contra ti?

    Vamos amar, vamos cantar, vamos dançar, mas também vamos estudar e entender em todas as esferas o que é que está se passando no mundo nesse momento.

    Curtido por 1 pessoa

    • Ia tirar essa ultima parte pq não vem muito ao caso aqui o que estou falando de dançar e cantar. Mas foi, em todo caso, muito obrigado por esse texto belíssimo! Acredito que não se pode ignorar a cabeça que está por trás do Bolsonaro, é preciso entender o seu texto, suas pretensões e premissas, além de trazê-las todas a superfície para serem mostradas que não se sustentam em si mesmas, mas por uma alucinação e pirotecnia de discurso. É preciso falar sobre Bolsonaro, mas também é preciso falar sobre Olavo de Carvalho, que é um corpo de uma das hidras que temos aí hoje dilacerando símbolos e lutas legítimas e legitimando uma cultura indefensável.

      Curtido por 1 pessoa

    • Joao carlos // 16/10/2018 às 4:37 pm // Responder

      Você está certíssimo. Não acompanho todos os discursos do Olavo (até porque tenho mais o que fazer), mas já mapeei todos os líderes deste novo movimento de direita e posso dizer que TODOS eles se fundamentam em Olavo de Carvalho. Isso mesmo. Todos. A própria Janaína Paschoal é uma Olavete. O Olavo é o mentor intelectual de todo este movimento de loucura que está aí.
      A questão é: qual é a melhor abordagem para lidar com um charlatão intelectual desta magnitude? Porque, ante a ausência de formação teórica e crítica de nossos cidadãos, ele tem um impressionante poder de convencimento e de manipulação.

      Curtir

      • Lucas Rinaldi // 17/10/2018 às 9:33 am // Responder

        A melhor abordagem poderia começar deixande MENTIR descaradamente, como o sr Dunker, que conta com a indolência mental do leitor.

        Curtir

    • Graças a Deus temos Olavo! .. e você doi de chato, prolixo, esquerdalha , com os jargões acadêmicos! xô….seu tempo passou! Fizeram o que de bom nesse tempão? DESTRUIRAM!! VAZA, ARROGANTE!

      Curtir

  32. Olavo de Carvalho é um grande farsante com MÉTODO.
    Quando tinha mais tempo livre, e a discussão sobre as eleições não existiam, há mais ou menos 3 anos me dei o trabalho de assistir com cuidado um vídeo de Olavo de Carvalho intitulado “O mito da Inquisição e da criação da Igreja por Constantino” lá a partir de uma observação meticulosa vi como ele age. O vídeo está no canal de Andre Chiano, quem quiser ver o meu comentário que coloquei no vídeo (que é longo) é só abrir https://youtu.be/jGcC8_MCDYk
    O mais interessante de tudo é que descobri como atua este farsante, ele monta uma tese a partir de sua imaginação, posteriormente ele recolhe informações que vão sendo modificadas uma a uma para que se encaixe na sua tese, por exemplo no caso ele empurra dadas eventos de 150 a 500 anos para provar que no caso a Inquisição era um amor de Instituição.
    Ou seja, na realidade ele faz um processo de “Engenharia Reversa” sem o cuidado que o produto funcione, mas que fique parecido com original.

    Curtido por 1 pessoa

  33. Quem são os principais ideólogos da esquerda brasileira atual?

    Curtir

  34. Joao carlos // 16/10/2018 às 4:24 pm // Responder

    Quanto tempo perdemos desmentindo essas afirmações toscas?
    O debate acerca das questões relevantes para o País é nula.
    A profissão do Olavo é apenas criar intrigas destrutivas, falar mal de outros pensadores, inventar loucuras sobre a esquerda e usar termos de baixo escalão. É uma vida dedicada ao inútil.
    Triste sujeito. E triste de quem, sem entender nada sobre nada, o segue.

    Curtir

  35. Lucas Rinaldi // 16/10/2018 às 6:53 pm // Responder

    Vamos avaliar s obra “filósofa” de alguns próceres da intelectualidade dita de esquerda:

    Marilena Chauí: “Juiz Sérgio Moro é um agente da CIA.”

    Márcia Tiburi: “Eu sou a favor do roubo”.

    Leandro Karnal: A fome é resultado da falta de alimentação”.

    Preencha as citações com alguns floreios e você já tem uma avaliação perfeita dos “maître à penser” supracitados. Eis, resumidamente, o método Dunker de análise.

    Curtir

    • Ninguém dá a mínima para o Karnal, filosopop da internet e as outras frases forma tiradas do contexto da qual pertenciam, logo perderam o sentido e o fio da argumentação e conclusão propostas pelos autores. Eles não escrevem em aforismos, sabia?

      Curtir

      • Lucas Rinaldi // 21/10/2018 às 12:39 am // Responder

        “Refutações com base científica”… de um texto opiniático sobre a obra de um autor, cheio de falsificações?

        Aliás, deixe atualizar algumas coisas pra você: o Dunker é psicanalista da linha de Lacan… DE LACAN. Lacan e Ciência são coisas que se excluem mutuamente.

        Curtir

  36. Lucas Rinaldi // 16/10/2018 às 7:00 pm // Responder

    Aí, Dunker, quer ler uma coisa bem mais insólita e idiota que as frases atribuídas ao Olavo? Tá aí:

    .
    Há quinze anos venho ensinando meus alunos a contar no
    máximo até cinco, o que é difícil (quatro é mais fácil), e
    eles entenderam pelo menos isso. Porém, nesta noite,
    permitam-me permanecer no dois. Naturalmente, o que
    vamos tratar aqui diz respeito à questão dos números
    inteiros, e essa questão não é simples como, penso, muita
    gente aqui já sabe. É necessário ter, por exemplo, certo
    número de conjuntos e uma correspondência um a um

    É verdadeiro, por exemplo, que há exatamente tantas pessoas
    sentadas nesta sala quantas cadeiras (kkkkkkkkkkkkkk). Todavia, é necessário
    haver uma coleção composta de números inteiros para
    constituir um inteiro, ou um número natural, como é chamado.

    É, certamente, em parte natural, mas somente no
    sentido de que nós não entendamos por que ele existe. – Lacan.

    Curtir

  37. Calma senhor Dunker, uma bosta de cada vez, calma. Depois do seu candidato petista ser banido da vida pública, aquele fantoche de Lula, imitador barato de Bolsonaro e tão culto, afinal, ele tem doutorado mas escreve e diz cabeÇARIO, será a sua vez. Uma bosta de cada vez, a sua logo vai chegar.

    Curtir

  38. Kit Gay existi sim…
    No mais, foram bons argumentos, mas muito ad hominem.

    Curtir

  39. João Eleodoro Gimenes Valdes // 16/10/2018 às 10:02 pm // Responder

    Dor de cotoveloo! A esquerdinha aparelhada da USP tem que espernear mesmo afinal está sendo colocada no harmario da irrelevância.
    Olavo consegue ajudar o povo a fazer a melhor leitura do socialismo inconsequente e fraudulenta e incompetente politicamente pra ficar só nisso por enquanto

    Curtir

  40. O Haddad fala que é a favor da Escola de Frankfurt. Qualquer um que estudou sobre o assunto sabe que uma das mais importantes análises dessa Escola é sobre como destruir as relações familiares com base na estimulação erótica dos membros dela, como se fossem animais selvagens e não seres humanos. Se o Haddad diz ser um frankfurtiano, como você pode dizer que ele é contra a relação sensual entre pais e filhos ou entre mães e filhos? Atenuar a rigidez sexual que os filho sofrem da sociedade ou da família é bem diferente do que unificar o amor paterno ou materno com a vontade sexual. Isso é o que o a Escola de Frankfurt quer e o que Haddad quer, mas não pode explicitar. Você não passa de um intelectualzinho que está tentando defendê-lo.
    O que me assusta é que gente como você é tido como importante e é reverenciado em faculdades. A casa de vocês vai cair!

    Curtir

  41. Faz 15 anos que eu acompanho o Olavo de Carvalho, já li a maioria dos livros e artigos dele. Assisti todos os TrueOutspeaks e quase todos os vídeos.
    O que eu concluo do seu texto é que você não tem a menor ideia do que está falando e nem vou me dar ao trabalho de questioná-lo porque estaria discutindo uma outra pessoa que eu nem conheço (e que não é o Olavo de Carvalho).

    Convencido da malícia e perversão das pessoas da esquerda (como você), eu já estou faz muito tempo.

    Curtir

    • O que me deixa maravilhado é dos intelectuaizaços que vocês são.

      Curtir

    • Maxwell, voce eh dependente de drogas? Eu acho que voce deveria se cuidar e se cuidar nao impede que voce comente aqui na Boitempo. Eu gostaria de saber a origem do odio que voces tem de nos, da esquerda. Eu gostaria muito de saber porque voces nos odeiam.

      Curtir

  42. Nem conhecia esse tal Olavo de Cravalho…mas depois do que vc escreveu eu resolvi ver alguns videos dele…GOSTEI MUITO.
    Tem muitos outros videos do Olavo no Utube. Vou assitir todos.
    Obrigado pela dica, Christian Ingo Lenz Dunker.
    Abraços.

    Curtir

    • Igor, em vez de tentar destruir o Dunker voce poderia provar que Olavo de Carvalho eh bom mostrando as verdades e belezas que Olavo escreve e fala. Do jeito que voces estao comentando esta mais que provado que Dunker esta certo.

      Curtir

  43. A farra acabou

    Curtir

  44. Mas que bosta esse Donkey, não? Só o fato de ser um psi lacaniano já bastaria para sabermos o gigantesco potencial para a demência… Deve ter feito toda sua carreira em cima de seu nome estrangeiro. Sim, sim, no Brasil é assim.

    Curtir

  45. Donkey, confesse, é VOCÊ o pai do kit gay!

    Curtir

  46. Só gostaria de saber onde se formou essa galera toda aí que tá se desfazendo da USP?

    Curtir

    • Porque voces “gostam” tanto do Dunker? Porque voces nao invadem os textos do Slavoj Zizek que tambem eh de esquerda? O Reinaldo Azevedo e o Olavo de Carvalho tambem odeiam e xingam muito o Zizek. Porque voces nao invadem o texto do professor de Marilia o Giovanni Alves que escreve sobre o precariado? Porque voces gostam dos “estrelas” em detrimento das pessoas excelentes mas que nao fazem sucesso?

      Curtir

  47. parei quando vi a defesa de andrade e querer desmentir os protestos insanos promovidos pela esquerda.

    Curtir

  48. Uma sombra grotesca de Górgias, para variar o texto é lama!

    Curtir

    • Schmidt, esse jeito de comentar nao eh comum aqui na Boitempo. Atraves do seu comentario eh possivel perceber que voce nao eh um frequentador do Blog da Boitempo. Atraves do que voces escrevem percebe-se que voces nao leem os textos da Boitempo e que apenas estao comentando temporariamente.

      Curtir

  49. Alexandre Souza // 21/10/2018 às 10:11 pm // Responder

    Fez mais ou menos como acusa o Olavo de fazer: pegou trechos descontextualizados para desqualificá-lo.
    Há sim algumas afirmações absurdas, mas que intelectual não as tem?

    Curtir

  50. Professor, há uma palavra digitada errada no último parágrafo, corrija. (Informam está digitada informal)

    Curtir

    • Vian, voce deve se dirigir ao digitador ou a Editora Boitempo porque palavra digitada errado nao eh problema do Dunker.
      Quem tira sua autoridade sobre voce mesmo? As pessoas que mandam voce ir pra internet lhe tratam mal? Quem despreza seu jeito de ser e seu trabalho?

      Curtir

  51. O Olavo criou uma seita e, como tal, é uma tarefa complicada ( talvez impossível) até mesmo falar racionalmente com seus adeptos. Mas uma coisa é certa: seu artigo deixa bem clara como funciona a farsa criada pelo astrólogo auto exilado. Obrigada!

    Curtir

    • Alexandre Souza // 24/10/2018 às 9:57 am // Responder

      Informe-se melhor, Alessandra. Reduzi-lo a ‘criador de seita’ não é justo. Tem muita coisa boa a ser aproveitada nele. Inclusive, ou principalmente, o fato de representar um pensamento contraditório ao da esquerda hegemônica.

      Curtir

      • Alexandre, o Olavo de Carvalho pra mim eh mais um igual a voces. Reinaldo de Azevedo tambem se limita a xingar e parece que nem eh ele quem escreve os textos que publica na internet. Seria bom saber se esses dois intelectuais sao mesmo os autores dos livros que escrevem.
        A ultima frase do seu comentario esta errada eu acho que voce quis escrever assim:
        Olavo de Carvalho deve ser valorizado porque apresenta um pensamento alternativo ao pensamento hegemonico da esquerda que esta ai.

        Curtir

        • Alexandre souza // 03/11/2018 às 5:35 am // Responder

          Você reescreveu a frase, mas seu sentido não foi completamente capturado. O Olavo está bem longe de ser apenas alguém que xinga; informe-se melhor..

          Curtir

  52. Christian Dunker fazia o seu bom trabalho, tranquilo, técnico, embasado, mas mexeu com os que tem A verdade, já era. Reclamam da “esquerda hegemônica’, mas querem impor o pensamento “alternativo”. Terra plana e criacionismo também são “alternativos”…

    Curtir

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. Olavo de Carvalho, o “ideólogo de Bolsonaro”, contra o professor Haddad – Provocações Teológicas
  2. Desmascarando um professor uspiano - Estudos Nacionais
  3. Desmascarando um professor uspiano – Farol.News
  4. Nota CEII SP [27/09/2018] | CEII

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: