Artigos por Boitempo

Feminismo e política em tempos de retrocessos

23/06/2017 // 12 comentários

Flávia Biroli discute as relações entre o movimento feminista e o projeto neoliberal à luz da conjuntura brasileira após o golpe de 2016. E provoca: "Uma crítica que se recuse a lidar com as políticas do cotidiano pode ser tão frágil quanto uma crítica que se recuse a encarar as implicações das instituições e do projeto neoliberal para as relações e para as vidas das mulheres." [...]

As paixões de Antonio Candido

22/06/2017 // 2 comentários

O artigo que se segue foi preparado pelo professor e escritor Flávio Wolf de Aguiar a partir do texto-base da homenagem feita por ele a Antonio Candido de Mello e Souza na abertura do III Salão do Livro Político no dia 5 de junho de 2017. Recebida pela sua filha, Marina de Mello e Souza, a homenagem foi sucedida por uma conferência da presidente eleita Dilma Rousseff. Confira o vídeo completo da abertura ao final deste post. [...]

Para onde vamos: socialismo ou barbárie?

21/06/2017 // 3 comentários

Por Anita Leocadia Prestes / "Na verdade, no curto prazo não existe uma solução que realmente contemple os anseios populares e dê resultados positivos. As 'esquerdas' precisam reconhecer isso e contribuir para o esclarecimento das massas, mostrando-lhes que a disputa eleitoral e a 'democracia representativa' não constituem a solução. No máximo, podem ser coadjuvantes na atividade fundamental de organização dos trabalhadores, de organização popular, e na luta cotidiana que deve ser desenvolvida em cada lugar de trabalho, de estudo e de moradia em torno das reivindicações mais sentidas dos setores populares." [...]

Erundina: O Brasil na era do lulismo

20/06/2017 // 2 comentários

Luiza Erundina / "“A experiência do PT à frente do Executivo Federal tem a um só tempo a marca da mudança e da continuidade, chegando ao fim sem alterar as bases estruturais da dominação capitalista em nosso país. Refletir sobre essa experiência, num momento em que a esquerda busca reconstruir seu projeto, para responder aos desafios impostos pela agenda regressiva liderada pelas forças golpistas, é um imperativo histórico, uma tarefa impostergável.” [...]

Quem está falando em nome de “nós, o povo”?

19/06/2017 // 3 comentários

Por Mouzar Benedito / "Afinal, há um conceito definitivo sobre as qualidades e defeitos do povo? Nada! Fuçando em ditados e frases de famosos sobre “povo”, dá para se ver que os conceitos sobre povo passam longe da unanimidade. Umas frases são exatamente a contradição de outras. Fiz uma seleção delas e apresento aqui." [...]

Žižek: A lição da vitória de Corbyn

16/06/2017 // 3 comentários

Por Slavoj Žižek / "O segredo do sucesso de Corbyn foi ter evitado se pautar tanto pelos corretivos da cultura do "politicamente correto" quanto pelo jogo populista do "politicamente incorreto". O fato de tal abordagem representar nada menos do que uma mudança de peso em nossa espaço político é um triste indicativo dos nossos tempos. Mas é também uma nova confirmação da velha assertiva hegeliana de que, às vezes, a franqueza ingênua é a mais devastadora e sagaz de todas as estratégias." [...]

Miguel Urbano Rodrigues, cidadão do mundo

13/06/2017 // 1 comentário

Por José Paulo Netto / "O meu eventual leitor não sabe o esforço que fiz para escrever, sem emoção, esta pouca de linhas sobre o Miguel Urbano. A notícia de sua morte foi, para mim, como um soco na boca do estômago. Sei que, sem este meu amigo e camarada, o mundo de que ele foi cidadão pleno ficou mais pobre." [...]

As estrebarias de Aúgias

12/06/2017 // 12 comentários

Por Christian Dunker / "Muitos não concordaram ou não entenderam os termos e os meios do julgamento sobre as pedaladas fiscais. Mas acreditaram que ele significava um novo estado de coisas, que implicava reformular as antigas práticas erradas. Um voto de fé para iniciar um processo transformativo. O 'golpe dentro do golpe' que vivemos agora é desmobilizador, silencioso e apático porque se apoia sobretudo na vergonha dos enganados." [...]

Guerra de classes

09/06/2017 // 3 comentários

Por Ruy Braga / "Enquanto o julgamento da chapa Dilma-Temer desenrola-se no TSE, o governo golpista faz de tudo para avançar com a contrarreforma trabalhista nas comissões que avaliam o mérito das propostas no Senado. Aparentemente desconectados, tratam-se de dois debates intimamente ligados. A natureza do golpe parlamentar de 2016 revela-se muito mais na pilhagem aos direitos dos trabalhadores do que na tentativa de políticos acuados pela operação Lava Jato de livrarem-se da cadeia." [...]