eleições

26 de outubro: É a hora…

25/10/2014 // 1 comentário

Flávio Aguiar / "26 de outubro: é a hora. Não adianta fechar os olhos com a venda (aliás o termo é bom) do voto nulo, do voto em branco, da abstenção. As escolhas são cristalinas. Vou dar alguns exemplos." [...]

A nova política reimagina a erradicação da miséria

25/10/2014 // 1 comentário

Em tempos de achatamento do humor e da ironia, adiantamos uma das histórias do aguardado "Cânone gráfico", a fantástica antologia da literatura universal em quadrinhos. Uma pérola da ironia ilustrada, escrita por Jonathan Swift e reinterpretada pelo traço ácido de Peter Kuper, o quadrinho ironiza a suposta neutralidade matemática da mentalidade "inovadora" de enxugamento de custos e maximização de rentabilidade, ao estendê-la a todas as áreas da vida social. [...]

O que ainda resta de verdade nestas eleições?

24/10/2014 // 1 comentário

Espaço do Leitor: "Eis uma questão que vale ser levantada. Difícil respondê-la. Chuvas e mais chuvas – e não há qualquer ironia aqui, a água é drama na triste terra da garoa – de informações, textos, propagandas... O que há de verdade nisso tudo? O massacre diário contra o PT é um massacre contra o que se construiu em anos de trabalho, com todos os terríveis defeitos, mas com infinitos méritos – é preciso reconhecer. Massacre fantasiado de notícia policialesca e moldado pela estética jornalística. Mas atenção: nada disso retrata o ódio ao PT, que teria tido sua “chance” no palácio sem saber aproveitá-la – o velho e preconceituoso discurso. Os petistas se enganam com seu ódio aos tucanos, assim como estes também se iludem ao combater o suposto inimigo 'de esquerda'." [...]

Albertina

23/10/2014 // 2 comentários

Izaías Almada / "Quando Albertina veio para São Paulo Albertina conheceu Bernadette Figueiredo com quem trabalha até hoje. Bernadette explicou-lhe muitas coisas sobre o Partido dos Trabalhadores e hoje vota no PT e defende com bastante convicção os governos de Lula e Dilma, sobretudo pelo que viu acontecer no nordeste e no seu Piauí. É testemunha viva dessa mudança e cita os programas Luz para Todos e Bolsa Família, entre outros, como programas que estão redimindo o nordeste e boa parte do povo brasileiro." [...]

Dois Brasis?

22/10/2014 // 4 comentários

Emir Sader / "A direita brasileira, ainda mais tendo São Paulo como sua cabeça, sempre agiu como se fosse a portadora da civilização contra a barbárie. Como uma espécie de Israel cercado de povos incultos, miseráveis, violentos, que se movem pelos instintos, enquanto eles personificariam a razão." [...]