“A leitura nos transforma” | Carta de Lula para o Salão do Livro Político

Confira abaixo a íntegra da carta enviada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para leitura durante o ato de abertura do VII Salão do Livro Político.

Confira abaixo a íntegra da carta enviada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para leitura durante o ato de abertura do VII Salão do Livro Político, que contou com a participação da ex-presidenta Dilma Rousseff, Álvaro García Linera, vice-presidente da Bolívia entre 2006 e 2019, Manuela D’Ávila e Guilherme Boulos, com mediação de Ivana Jinkings, diretora da Boitempo.

A íntegra da abertura pode ser conferida na TV Boitempo e a leitura da carta no Instagram da editora.

***

Eu acredito que todo livro exerce um forte papel político – seja um romance, uma biografia, um volume de poesias ou de contos, ou mesmo uma história que lemos para as crianças. Porque nós nunca terminamos uma leitura do mesmo jeito que começamos. A leitura nos transforma. Nos leva a conhecer outros lugares e outros modos de vida, nos apresenta novas ideias e novas emoções. O livro nos faz refletir, e muitas vezes muda o nosso jeito de enxergar o mundo.

E este é justamente, para mim, o papel da política: provocar mudanças. Jamais permitir que as coisas permaneçam estagnadas, enferrujadas no mesmo lugar. A política é a arte da transformação, porque o mundo com o qual sonhamos nunca está pronto. Ele precisa ser construído, pela política e – por que não? – também com a ajuda dos livros.

Mas se todo livro é político, qual a função do livro político? Ele é quase um manual de funcionamento do mundo, escrito por gente que dedica a vida a entender como e por que chegamos aonde estamos, e, a partir daí, o que podemos fazer para não continuarmos no mesmo lugar.

Dito isso, quero saudar as editoras, os autores e as autoras participantes deste VII Salão do Livro Político. Aprendi muito com a vida, com as pessoas com as quais convivi, e com as dificuldades que fui obrigado a enfrentar. Mas os livros escritos por vocês, e por aqueles que vieram antes de vocês, também ajudaram a fazer de mim a pessoa que sou agora. Alguém que aprendeu a enxergar o mundo para muito além do seu próprio mundo.

Muito obrigado pelos ensinamentos. Um forte abraço do leitor,

Luiz Inácio Lula da Silva

Em sua sétima edição, o Salão do Livro Político volta ao formato presencial em 2022. O evento acontece presencialmente entre 20 e 23 de junho, com debates e feira de livros presenciais no teatro Tucarena da PUC-SP, seguido de dois dias de atividades online nos dias 24 e 25. A programação conta com um curso e mais de quinze mesas de debates sobre democracia na América Latina, literatura e gênero, ecologia e questões raciais, dentre outros temas. 

As palestras são transmitidas ao vivo pelos canais de YouTube do Salão do Livro Político, da PUC-SP, da Boitempo, da Autonomia Literária e de entidades apoiadoras.

Realização
Autonomia Literária, Alameda, Anita Garibaldi, Boitempo e PUC-SP.

Apoios 
Fundação Friedrich Ebert, Fundação Mauricio Grabois, Fundação Rosa Luxemburgo, Fundação Perseu Abramo, Fundação Lauro Campos e Marielle Franco, Fundação Astrojildo Pereira e Instituto Para Reforma das Relações Entre Estado e Empresa

Parceiros
Forma Certa e Rettec. 

Promoção
Folha de S.Paulo, TVT, Rádio Brasil Atual, Brasil de Fato, Le Monde Diplomatique, Quatro Cinco Um, GGN, DCM, Vermelho, Fórum, Opera Mundi e Jacobin Brasil.

Editoras participantes
34
Alameda
Anita Garibaldi
Artes do Tempo
Ateliê Editorial
Autêntica
Autonomia Literária
Bambual 
Bazar do Tempo
Boitempo
Cartola 
Cobogó
Companhia das Letras
Contracorrente
Cortez
Câmara Periférica do Livro 
Dandara
edições 100/cabeças 
Edições Sesc
Editora Da Vinci 
Editora FGV
Editora Unesp
Educ
Edusp 
Elefante
Estação Liberdade
Expressão Popular
FiloCzar
Fósforo
Funilaria
Geração Editorial
Graphia
Hedra
Iluminuras
Iskra
Jandaíra
Jujuba
Kotter
LavraPalavra
Letra Selvagem
LiteraRUA
Livros da Matriz
Lote 42
Lutas Anticapital 
Matrix 
Mocho
Mundaréu
n-1
Nova Alexandria
Nova Cultura
Nua Oficina Raquel
ÔZé
Perspectiva
Pulo do Gato
Quatro Cinco Um
Record
Reformatório
Ruptura
sobinfluencia
Sundermann
Temporal
Tinta-da-China Brasil
Todavia
Ubu
Veneta

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: