Maringoni: Uma das melhores HQs de todos os tempos

Will Eisner Gilberto Maringoni retratoAUTO-RETRATO DO ARTISTA GRÁFICO WILL EISNER (1917-2004) DESENHANDO “THE SPIRIT”.

Por Gilberto Maringoni.

A série The Spirit (1941-1952), de Will Eisner (1917-2004), é uma unanimidade entre apreciadores de quadrinhos. Foi uma das primeiras a ultrapassar a marca de leitura infanto-juvenil e adentrar o terreno da literatura.

O que era originalmente uma sequência de histórias no gênero de super-heróis se transformou, ao longo dos anos, em uma encadeada sucessão de pequenos contos a captar miudezas do cotidiano dos perdedores e fracassados nas grandes cidades.

A narrativa que vai aqui digitalizada – talvez a mais conhecida da série – figura no topo dos fãs desse autor novaiorquino, que visitou várias vezes o Brasil.

Trata-se da tocante história de Gerhard Shnobble, um vigia de banco frustrado, que um dia descobriu que poderia voar.

São sete páginas de arte sequencial maiúscula. Sete minutos de leitura.

***

Will Eisner é um dos artistas do monumental Cânone Gráfico: Clássicos da literatura universal em quadrinhosNo volume 1 da série ele adapta o incontornável Dom Quixote, de Miguel de Cervantes, à linguagem gráfica. O livro conta com versões gráficas de Homero, Platão, Shakespeare, Voltaire, e tantos outros, nos traços de consagrados nomes da arte sequencial como Robert Crumb, Hunt Emerson, Alice Duke, Ian Pollock, entre outros! Confira uma prévia aqui.

***

O livro integra o Barricada, novo selo de quadrinhos da Boitempo. Como o próprio nome sugere, o selo se dedica a títulos libertários, de resistência, nacionais e internacionais, garimpados por , um conselho editorial composto por Luiz Gê, Ronaldo Bressane, Rafael Campos Rocha e Gilberto Maringoni.

Quadrinhos no Blog | Gostou? Leia também “Surfista prateado“, sobre o quadrinho americano dos anos 60, “A rebeldia de Octobriana“, sobre a incrível personagem soviética de HQs e “O mundo louco de Basil Wolverton“, na coluna de Luiz Bernardo Pericás, no Blog da Boitempo!

***

Gilberto Maringoni é doutor em História Social pela FFLCH-USP e professor adjunto de Relações Internacionais na Universidade Federal do ABC. É autor, entre outros, de A Revolução Venezuelana (Editora Unesp, 2009), Angelo Agostini: a imprensa ilustrada da Corte à Capital Federal – 1864-1910 (Devir, 2011) e da introdução do romance O homem que amava os cachorros, do cubano Leonardo Padura. Cartunista, ilustrou algumas capas de livros publicados pela Boitempo Editorial na Coleção Marx Engels, comoManifesto comunista. Integra o conselho editorial do selo Barricada, de quadrinhos da Boitempo.

4 Trackbacks / Pingbacks

  1. Uma das melhores HQs de todos os tempos, por Gilberto Maringoni | Portal Fórum
  2. Uma das melhores HQs de todos os tempos, por Gilberto Maringoni
  3. Modelos vivos, vivazes e vivaldinos. Viva Laerte! – Blog da Boitempo
  4. Maringoni: O quadrinho do ano russo – Blog da Boitempo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: