racismo

Marx era um pensador eurocêntrico e racista?

15/10/2019 // 2 comentários

Por Jones Manoel / "Com Kevin Anderson, podemos sair da defensiva e afirmar sem medo: Marx é, mais do que nunca, um autor para todas e todos os que lutam pela emancipação humana. Um pensador radicalmente universal porque compreendeu as particularidades do mundo em que viveu." [...]

É oficial: Angela Davis vem ao Brasil em outubro!

20/08/2019 // 7 comentários

A filósofa e ativista estadunidense virá em outubro a São Paulo e ao Rio de Janeiro, para lançar a edição brasileira de sua autobiografia no encerramento do Seminário Internacional “Democracia em Colapso?”, promovido pela Boitempo e pelo Sesc São Paulo. [...]

Um guia teórico, metodológico e político para o feminismo negro

30/07/2019 // 1 comentário

Por Nubia Regina Moreira / "Mesmo concordando com a autora em que a versão do feminismo elaborada pelas mulheres negras estadunidenses deve ser entendida no contexto daquele Estado-nação, o livro 'Pensamento feminista negro' se ergue como um guia teórico-metodológico e político para ampliar a compreensão sobre o feminismo negro brasileiro." [...]

Angela Davis: A potência de Sojourner Truth

26/11/2018 // 2 comentários

No aniversário de 135 anos de morte de Sojourner Truth, o Blog da Boitempo recupera uma reflexão clássica de uma das maiores vozes do feminismo negro no mundo hoje sobre o legado da militante abolicionista, pioneira na luta pelos direitos civis dos negros e das mulheres nos EUA. [...]

Uma leitura necessária, mas profundamente dolorida

16/01/2018 // 2 comentários

Por Alessandra Devulsky / "O livro 'A nova segregação: racismo e encarceramento em massa', de Michelle Alexander, revela como a discriminação legal antes instituída pelos 'códigos negros' foi substituída por uma política criminal que age como filtro de segregação da população negra estadunidense e cria um sistema de subcastas." [...]

Entender as opressões para combatê-las

10/11/2017 // 9 comentários

Por Luis Felipe Miguel / "Não se trata mais apenas expressar os interesses de uma classe operária entendida como sujeito coletivo unitário, mas de construir a vontade política e a unidade na ação de uma multiplicidade de grupos dominados. Para isso, entender com profundidade como se cruzam as diversas estruturas de opressão é fundamental." [...]