TV Boitempo libera curso online sobre luta de classes hoje!

A TV Boitempo acaba de disponibilizar um novo curso completo! Ao longo de quatro vídeos, o sociólogo do trabalho Ruy Braga faz uma leitura da atual crise da globalização capitalista e demonstra a vitalidade do conceito de "precariado" para decifrar as novas dinâmicas da luta de classes na contemporaneidade.

Cada dia fica mais claro o poder de revelação do conceito de “precariado” na nossa conturbada conjuntura política, econômica e social. No Brasil, nenhum intelectual tem se dedicado com tanta maestria a explorar as perspectivas políticas e analíticas abertas por esse conceito no interior do arcabouço teórico marxista quando Ruy Braga.

É nesse sentido que a TV Boitempo produziu a série “Entendendo o precariado”, conduzida pelo sociólogo. Trata-se de uma leitura comentada de seu mais recente livro pela Boitempo, A rebeldia do precariado: trabalho e neoliberalismo no Sul global. Ao todo, são quatro vídeos cerca de 10 minutos cada dedicados a atravessarem a leitura dessa obra fundamental para compreender as novas dinâmicas da luta de classes na contemporaneidade. Nas palavras de André Singer, “no vértice da grande crise pela qual passamos, o trabalho de Ruy Braga esclarece e combate ao mesmo tempo.” A série pode servir tanto de complemento quando de introdução à leitura da obra.

Assista ao curso completo abaixo, e saiba mais sobre a publicação ao final deste post. Além das quatro aulas, incluímos também a gravação integral do debate de lançamento do livro, entre Ruy Braga, André Singer, Guilherme Boulos e Tatiana Berringuer, e dois vídeos extras de Ruy Braga destrinchando os conceitos de “precariado” e “proletariado”. Se gostou do conteúdo, não deixe de se inscrever na TV Boitempo clicando aqui para receber em primeira mão nossos próximos cursos. Atualmente, o canal está publicando vídeos de quatro séries diferentes. Vale a pena conferir!

Boa leitura!


Introdução: Crise e agência política dos subalternos

O processo de globalização capitalista favorece ou bloqueia a agência política dos subalternos? Nesta primeira aula, Ruy Braga apresenta o sentido geral do livro A rebeldia do precariado, explica o que significa buscar compreender a crise da globalização capitalista deflagrada em 2008 a partir da perspectiva dos “de baixo”.


Parte I: Neoliberalismo no Sul global 

Nesta aula, Ruy Braga discute o saldo da implementação neoliberalismo na semiperiferia do capitalismo através de uma análise comparativa de três sociedades nacionais: Brasil, África do Sul e Portugal.


Parte II: Precarização no Sul global

Nesta terceira aula da série, Ruy Braga faz um balanço dos processos de precarização do trabalho decorrentes da implementação do neoliberalismo no Sul global. Como na aula anterior, a análise é calcada num estudo comparativo de três sociedades nacionais paradigmáticas: Brasil, África do Sul e Portugal.


Parte III: Lutas sociais no Sul global 

Nesta quarta e última aula da série, Ruy Braga explica por que o livro começa com uma indagação polanyiana (Karl Polanyi) e acaba desembocando em conclusões thompsonianas (E. P. Thompson). Comparando novamente o caso do Brasil, da África do Sul e de Portugal, ele faz um balanço das configurações assumidas pelas lutas sociais no Sul global com a crise da globalização neoliberal e a precarização do trabalho dela decorrente.


Debate de lançamento com André Singer, Guilherme Boulos, Tatiana Berringuer e Ruy Braga

“O pós-impeachment: qual o futuro para as alternativas radicais” foi a pauta do debate que marcou o lançamento do livro A rebeldia do precariado, de Ruy Braga. Além do autor, participaram Tatiana Berringer, André Singer e Guilherme Boulos.


O livro

A rebeldia do precariado: trabalho e neoliberalismo no Sul global
de Ruy Braga

Em Gênero e desigualdades, a cientista política Flávia Biroli, professora do Instituto de Ciência Política da Universidade de Brasília, apresenta as muitas transformações nas relações de gênero ocorridas nas décadas recentes. Os grandes temas do feminismo pós-1970 aparecem, em cada capítulo, com os diversos cenários históricos mundiais e nacionais que os moldaram, frearam ou impulsionaram as lutas das mulheres. Situada no contexto brasileiro, a obra ilumina as discussões sobre desigualdade entre homens e mulheres com o objetivo de compreender os impasses que se apresentam na construção de relações de gênero mais justas. Para responder a esse desafio, a autora examina temas fundamentais dos direitos das mulheres, do feminismo e da democracia brasileira. Com linguagem refinada, precisa e clara, a pesquisadora analisa diferentes dimensões – divisão sexual do trabalho; cuidado e responsabilidades; família e maternidade; aborto, sexualidade e autonomia; feminismos e atuação política – que permitem ver como, apesar de alterações significativas, o lugar das mulheres permanece subalterno, interpelando os limites da democracia. A partir do diálogo sistemático com o debate teórico internacional contemporâneo e incorporando elementos empíricos e contextuais, Flávia Biroli encerra o livro com uma análise de fôlego sobre a investida reacionária à agenda de gênero na América Latina. A orelha é de Céli Pinto e a quarta capa, de Albertina de Oliveira Costa.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Onde encontrar?

Gostou?

Não deixe de se inscrever no canal da Boitempo no YouTube e receba atualizações semanais de aulas, debates, conferências, entrevistas, booktrailers, e outros conteúdos ligados à maior editora do pensamento crítico em língua portuguesa! Lá você encontrará, por exemplo, vídeos de outros cursos organizados pela Boitempo, com aulas magistrais de nomes como Chico de Oliveira, Michael Löwy, Alysson Mascaro, entre outros… Coordenada por Artur Renzo, com assistência de Heleni Andrade, a TV Boitempo é o maior canal de vídeos do mercado editorial brasileiro!

Outros cursos da TV Boitempo

  • Feminismo e democracia, com Flávia Biroli
  • A teoria da revolução em Marx, Lênin, Bakunin e Rosa, com Mauro Iasi, Isabel Loureiro, Augusto Buonicore e Acácio Augusto
  • Curso de introdução à obra de Pachukanis, com Alysson Mascaro
  • Curso Livre sobre O capital, de Marx, com Jorge Grespan, Marcelo Carcanholo, Leda Paulani e Eleutério Prado
  • Sociologia marxista da religião, com Michael Löwy
  • Introdução à vida e obra de Michael Löwy, com Fabio Mascaro Querido
  • Sartre: direito e política, com Silvio Almeida
  • Curso Livre György Lukács, com Celso Frederico, Antonio Carlos Mazzeo, José Paulo Netto, Ester Vaismann, Arlenice Almeida da Silva, Antonio Rago, Ronaldo Fortes, Maria Angélica Borges, entre outros.
  • Curso Livre Marx-Engels: a criação destruidora, com José Paulo Netto, Ruy Braga, Jorge Grespan, Mario Duayer, Alysson Mascaro, Antonio Rago, Osvaldo Coggiola e Ricardo Antunes (3 edições)
  • Entre outros…

O conceito de precariado


O conceito de proletariado

3 comentários em TV Boitempo libera curso online sobre luta de classes hoje!

  1. Roosevelth Ramos Barroso Carvalho // 30/08/2018 às 12:57 pm // Responder

    Tem certificado do curso?

    Curtir

  2. Boa tarde, Boitempo. Gostaria de saber se vocês poderiam liberar um certificado de horas do curso, já que isso ajudaria muito os universitários interessados, fazer o curso e de quebra ganhar algumas horinhas complementares, de todo o país. Agradeço pela atenção.

    Curtir

  3. Luisa de Castro // 18/09/2018 às 9:31 pm // Responder

    Olá, o texto entre as fotos do livro fala sobre outra publicação “Gênero e desigualdades”, acho que houve um engano na publicação…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: