Cultura Inútil: Profeta do caos

15 03 24 Mouzar Benedito Cultura Inutil Profeta do caosPor Mouzar Benedito.

Jeron Criswell Konig (1907-1982), um “vidente” dos Estados Unidos que se autotintitulou “The Amazing Criswell” (O Incrível Criswell), previu que John Kennedy não se candidataria à reeleição para presidente em 1964 porque seria assassinado antes disso. Acertou. Kennedy foi assassinado em 22 de novembro de 1963. Mas foi um dos poucos acertos dele. Fez um monte de “profecias” totalmente fajutas. Por exemplo: entre 11 de fevereiro e 11 de maio de 1983 as mulheres da cidade de St. Louis iriam ficar carecas. Seus cabelos só voltariam a crescer depois de um período em que aconteceriam muitos assassinatos, divórcios, suicídios e massacres, principalmente de cabeleireiros. Ele tinha previsto também que na década de 1970 os EUA e a URSS fariam 200 estações espaciais que seriam a salvação da humanidade, pois o mundo acabaria em 18 de agosto de 1999 (um “arco-íris preto” roubaria todo o oxigênio da atmosfera terrestre e a Terra sairia de órbita, indo em direção ao sol) e só os colonos dessas 200 estações espaciais sobreviveriam.

* * *

O remo, como esporte, teve início na Inglaterra, em 1829.

* * *

Marco Polo, o primeiro europeu a viajar até a China, quando chegou de volta e começou a contar certas “maravilhas” que viu por lá, ganhou o apelido de Marco Mentira.

* * *

A data 7 de janeiro deve ficar para sempre marcada pelo atentado que matou várias pessoas na redação do Charlie Hebdo, em Paris, cometido por dois fanáticos religiosos. Mas aqui no Brasil, ela pode ser lembrada num sentido contrário: em 7 de janeiro de 1890, Ruy Barbosa apresentou ao Marechal Deodoro o texto do projeto de separação da Igreja do Estado.

* * *

Rachel de Queiroz foi uma apoiadora entusiasmada do golpe de 1964. Quando moça, ela chegou a ser presa sob a acusação de ser comunista.

* * *

A atriz Sarah Bernhard esteve algumas vezes no Brasil e não teve sorte aqui. Em 1886, apresentou Fedra e A Dama das Camélias, sem grande sucesso, e ainda teve briga na plateia. Seu filho foi espancado. Para completar, havia um surto de febre amarela. Ela se mandou. Em 1893, ladrões levaram suas joias e seu dinheiro, e quando ia voltar para a Europa o navio em que estava foi bombardeado na Baia de Guanabara, durante a Revolta da Armada contra o governo de Floriano Peixoto. Em 1906, apresentava a Tosca, em que numa cena teria que “cometer” suicido, se atirando num abismo. Fora do palco, pilhas de colchões deveriam amortecer sua queda, mas um funcionário do teatro, mal informado, tirou os colchões do lugar. Resultado: aos 61 anos, ela se esborrachou no chão fraturou feio um joelho e acabou tendo que amputar a perna.

* * *

Assim falou Getúlio Vargas, quando lhe perguntaram sobre a qualidade dos ministros de seu governo: “Uns não são capazes de nada. Outros são capazes de tudo”.

* * *

Santa Genoveva é Padroeira de Paris. No ano 451, ela organizou o povo da cidade para enfrentar os hunos liderados por Átila. Seu dia é 3 de janeiro.

* * *

Potiguar, denominação para quem nasce no Rio Grande do Norte, significa em tupi “comedor de camarão”. Um dos povos indígenas que moravam lá era o Potiguara, que ainda sobrevive na Baía da Traição, na Paraíba, divisa com o Rio Grande do Norte. Mas os norte-rio-grandenses já foram chamados também de papa-jerimum, porque um presidente da então província do Rio Grande do Norte, sem dinheiro, certa vez pagou funcionários públicos com abóboras.

* * *

Kublai Khan, que liderou o Império Mongol entre 1260 e 1294 foi quem transferiu a capital chinesa de Karakorum para a atual Pequim (ou Beijing, como escrevem hoje em dia – que feiúra de nome ficou!), que na época se chamava Khanbalik. Ele era um político muito habilidoso. Podia não agradar gregos e troianos, mas procurava agradar os seguidores das três maiores religiões do Ocidente: além dos feriados mongóis guardava também o Natal e a Páscoa (dos cristãos), o Pessah e o Dia do Perdão (judeus) e o Ramadã (muçulmano).

* * *

Carmo de Minas, Carmo da Mata, Carmo do Rio Claro, Carmópolis… Mas o que significa esse Carmo que dá nome a várias cidades mineiras? É Nossa Senhora do Carmo, que ganhou esse nome por causa da invocação a Virgem por eremitas que viviam no Monte Carmelo, na Palestina, e pediam  que ela protegesse sua tentativa de viver em contemplação, no século XII. Daí surgiu a Ordem dos Carmelitas.

* * *

A Bolívia tornou-se independente em 1825. Nos cem anos que se seguiram, até 1925, teve 40 presidentes (6 deles assassinados enquanto ocupavam o cargo) e 187 revoltas armadas.

* * *

Em São Paulo, há anos, quando se fala em pasteleiro já se sabe que é “japonês”, quer dizer, descendente de japoneses. Principalmente os que vendem pastéis em barracas de feiras-livres. Mas nem sempre pasteleiro foi “sinônimo” de japonês. Pelo menos até os anos 1970, pastelarias pertenciam invariavelmente a chineses. E não eram em feiras-livres. E também havia na cidade, na época, muitas tinturarias. Provavelmente muitos jovens nem sabem o que é isso, e se for procurar nos dicionários vai achar um outro sentido: nos dicionários atuais, é estabelecimento em que se tinge tecidos. Antes era sinônimo de lavanderia, mas só de roupas, principalmente masculinas. E, ao contrário das lavanderias atuais, não era lugar de se lavar roupa de cama e peças íntimas. Essas tinturarias eram quase que invariavelmente de japoneses. Havia até uma brincadeira dos paulistanos sobre como diferenciar chinês de japonês: chinês é pasteleiro, japonês é tintureiro.

* * *

Aristóteles considerou que os golfinhos eram mamíferos, e não peixes, no ano 340 a.C., ao observar que os filhotes nasciam ligados à mãe por um cordão umbilical. Mas os biólogos só concordaram com ele no século XX.

* * *

Depois da Guerra dos Seis Dias, ocorrida em 1973, quase 700 mil minas terrestres foram desenterradas das margens do Canal de Suez, por egípcios e israelenses.

* * *

Em 1968 o aborto foi legalizado na Inglaterra.

* * *

André Maginot, que foi ministro da Defesa da França depois da Primeira Guerra, planejou com seus generais a construção de uma muralha fortificada de 314 quilômetros ao longa da fronteira nordeste do país, da Suíça até a Bélgica, para evitar ataques de surpresa da Alemanha. A chamada Linha Maginot era uma linha contínua de casamatas de concreto e tinha fortes auto-suficientes feitos no subsolo, com profundidade equivalente à altura de um prédio de sete andares. Mas não adiantou. Na Segunda Guerra, a tal linha não serviu para conter os alemães, que invadiram o país. Mas Maginot não viu o trágico fracasso de sua obra: ele havia morrido em 1932. O irônico é que esse herói que sobreviveu a ferimentos graves durante a Primeira Guerra morreu por ter comido ostras estragadas, que lhe causaram tifo.

* * *

O passarinho chamado bicudo pode viver até os 26 anos, na gaiola. Mas no Rio de Janeiro um deles viveu 41 anos.

* * *

A “Revolução Cultural” na China começou em 1966. Mao Tse-tung tentava se fortalecer, radicalizando principalmente a juventude chinesa, contra valores ocidentais. E pregava-se um igualitarismo radical. Em alguns momentos, as fardas dos generais passou a ser igual à de soldados rasos e professores se transformavam em faxineiros da escola um dia por semana. Houve muitos excessos, como a destruição de discos de rock e de objetos de arte. Líderes políticos, de repente, passavam a ser vistos como traidores e eram humilhados publicamente. Mao morreu em 1976 e a viúva dele, Jiang Qing, liderou um grupo apelidado “Camarilha dos Quatro”, para tentar tomar o poder. Os quatro foram presos e condenados à morte, pena reduzida depois a prisão perpétua. Jiang Quing se suicidou em 1991.

* * *

O início da Previdência Social no Brasil se deu com a criação da Caixa de Aposentadoria e Pensões dos Ferroviários, em 24 de janeiro de 1923.

* * *

Quando o Marechal Deodoro era presidente da República, um amigo dele queria a concessão de uma estrada de ferro e praticamente todos os dias ia ao palácio reforçar seu pedido. Um dia, Deodoro perdeu a paciência e, antes que ele pedisse mais uma vez, disse a um auxiliar, para o amigo ouvir, como se estivesse continuando uma conversa: “Estou resolvido a não conceder mais honras de coronel do Exército a ninguém. E quanto a estradas de ferro, só darei uma única concessão: será a que partir do inferno e for terminar na casa da mãe de quem pedir!”.

* * *

Os santos e as datas comemorativas: 28 de agosto é Dia do Filósofo, e também dia de Santo Agostinho, que era filósofo; 22 de novembro é Dia da Música e Dia do Músico, e também dia de Santa Cecília, padroeira dos músicos (ela tocava lira e morreu cantando, condenada à morte por ser cristã); 24 de maio é, entre outras coisas, Dia do Detento e de Nossa Senhora Auxiliadora: trata-se de uma festa para venerar Nossa Senhora como intercessora do povo junto a Jesus, seu filho – o Papa Pio VII foi feito prisioneiro pelo imperador Napoleão I em Savona e Paris e atribuiu sua libertação ao auxílio de Nossa Senhora; e 27 de abril é Dia da Empregada Doméstica e também dia de Santa Zita, que viveu de 1218 a 1278 e foi empregada doméstica em Lucca, na Itália.

* * *

A coca é nativa da região andina, na América do Sul. Há na região um costume antigo de mascar as folhas e um mais recente de fazer um chá com elas. Isso ajuda a combater os efeitos da altitudes extremas e também entorpece um pouco o estômago, diminuindo a necessidade de comida. A cocaína, extraída da coca, não era conhecida aqui. Foi isolada pela primeira vez em 1859 ou 1860, na Alemanha, por Albert Niemann, que aplicou a droga na veia e sentiu seus efeitos. Em seguida, Freud experimentou a droga nele mesmo e no tratamento de pacientes, mas como ela causou dependência em muitos deles, abandonou seu uso. Ele apresentou a cocaína ao oftalmologista Carl Köller, que em 1884 a usou pela primeira vez como anestésico em cirurgias. A planta era utilizada também para fazer vinhos, e um deles, de marca Mariani, produzido a partir de 1863, era o preferido do Papa Leão XIII, que até deu uma medalha de honra ao produtor da bebida.

* * *

A primeira transmissão pública da TV em cores no Brasil foi feita em 19/02/1972, A Festa da Uva, evento popular no Rio Grande do Sul. O então Presidente Médici inaugurou o evento, cuja transmissão foi comandada pela TV Difusora de Porto Alegre, e difundida pela Embratel para todo o país. A visita do presidente Médici à Festa da Uva durou uma hora, o tempo de exibição do evento a cores.

* * *

A mosca fêmea vive, em média, 20 dias. A mosca macho, 12 dias.

* * *

Ah, as tradicionais famílias quatrocentonas… Em 1555, o jesuíta Manuel da Nóbrega escreveu uma carta para a Corte, reclamando do tipo de gente que mandavam para cá: “A mais vil e perversa gente do reino”.

* * *

Nabucodonosor, imperador da Babilônia, bebia muita cerveja. Mas usava essa bebida também para fins menos nobres: quando se enjoava de alguma amante, ele mandava colocá-la com todas as joias numa tina de cerveja, para morrer afogada.

* * *

No Rio de Janeiro, no bairro de Copacabana, existe uma rua que os gozadores chamam de “Rua Quase-Quase”… E têm motivo: o nome oficial da rua é Bulhões de Carvalho.

* * *

Uma amiga de Stalin foi indicada para o Prêmio Nobel da Paz, em 1946… mas não ganhou. Alexandra Kilontoy, de 77 anos, primeira mulher que atuou como embaixadora no mundo, era russa e foi indicada para o prêmio pela Finlândia. Autora de “Amor Livre”, ela atuou como mediadora para o fim da guerra entre a URSS e a Finlândia. Os russos ficaram furiosos quando souberam que em vez dela foram premiadas dias pessoas religiosas dos Estados Unidos: John R. Mott (metodista) e Emily Balch (quaker).

* * *

A Bienal do Livro de São Paulo, uma das maiores do mundo, é resultado de uma série de experiências. A primeira foi a Feira Popular do Livro, montada pela CBL (Câmara Brasileira do Livro), em 1951, na da praça da República, inspirada em feiras do livro europeias. Em 1961 foi promovida, em parceria com o Museu de Arte de São Paulo, a 1a Bienal Internacional do Livro e das Artes Gráficas, que se repetiu em 1963 e 65. A 1a Bienal Internacional do Livro, bancada exclusivamente pela CBL, foi realizada entre 15 e 30 de agosto de 1970 reunindo algumas centenas de editoras nacionais e estrangeiras e atraiu milhares de pessoas.

* * *

Beethoven começou a ficar surdo aos 32 anos de idade. Aos 46 já não ouvia mais nada, mas continuou compondo até morrer, aos 56 anos.

 * * *

Assim falou Mário Quintana: “O mais feroz dos animais domésticos é o relógio de parede: conheço um que já devorou três gerações da minha família”.

* * *

Assim falei eu: “Nem só o peido é prenúncio de uma cagada. Eleição também pode ser”.

***

Gostou? Leia todas as outras versões da Cultura Inútil clicando aqui, para ver todos de uma só vez!

***

Mouzar Benedito, jornalista, nasceu em Nova Resende (MG) em 1946, o quinto entre dez filhos de um barbeiro. Trabalhou em vários jornais alternativos (Versus, Pasquim, Em Tempo, Movimento, Jornal dos Bairros – MG, Brasil Mulher). Estudou Geografia na USP e Jornalismo na Cásper Líbero, em São Paulo. É autor de muitos livros, dentre os quais, publicados pela Boitempo, Ousar Lutar (2000), em co-autoria com José Roberto Rezende, Pequena enciclopédia sanitária (1996) e Meneghetti – O gato dos telhados (2010, Coleção Pauliceia). Colabora com o Blog da Boitempo quinzenalmente, às terças. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: