dilma

A mentira e a pós-verdade

11/04/2017 // 6 comentários

Mauro Luis Iasi escreve sobre "pós-verdade" e ideologia no Brasil contemporâneo a partir do instrumental teórico do ensaísta marxista inglês Terry Eagleton. [...]

Frei Henri: “O Brasil vive um golpe branco”

22/09/2016 // 4 comentários

O corpo do velho guerreiro está cansado e agora deve ficar deitado a maior parte do dia para poupar a saúde. Mas o espírito permanece vivo e a voz clara, especialmente quando se trata de caracterizar o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, que se concretizou no dia 31 de agosto de 2016. “Para mim é claramente um golpe de Estado. Um golpe branco”, diz Frei Henri Burin des Roziers, padre dominicano francês e grande figura das lutas camponesas no Brasil que se aposentou em Paris há 3 anos atrás. Este ano, ele publicou pela editora Cerf "Comme une rage de justice". [...]

Dilma é derrubada. Cai também a tese da democracia

09/09/2016 // 5 comentários

"O dia 31 de agosto do ano de 2016 acaba de entrar para os anais dos importantes acontecimentos da história nacional por conta da condenação – sem provas – da presidente da República Federativa do Brasil, Dilma Rousseff, não supérfluo o registro, reeleita pelo voto livre e direto em 26 de outubro de 2014 para um mandato de quatro anos (2015-2018). Foi uma cassação política, um golpe!" [...]

De novo a falácia da redução de direitos trabalhistas

23/05/2016 // 2 comentários

Por Jorge Luiz Souto Maior / "E tão logo o 'impeachment' deu seu passo mais incisivo, com o afastamento da Presidenta Dilma e a nomeação de Temer, a primeira providência tomada pelo governo temporário foi a de anunciar a reforma trabalhista. A reforma em questão é apoiada em dois pilares: ampliação da terceirização e institucionalização do negociado sobre o legislado." [...]

O usurpador e o caminho da usurpação

20/05/2016 // 16 comentários

Por Mauro Iasi / "Temos no governo um usurpador. Mas devemos nos indagar sobre a natureza dessa usurpação. Para um marxista, o caráter de um governo se mede pelos interesses de classe que representa – por vezes direta e explicitamente, por vezes mediados e ofuscados por formas que dificultam a percepção do caráter de classe envolvido." [...]

A crise e os seres humanos bons

13/05/2016 // 10 comentários

Por Jorge Luiz Souto Maior / "Fora dos limites da dignidade, qualquer solução de consenso para a crise política ou mesmo uma eventual vitória, seja em que sentido for, a que se chegue por intermédio do mascaramento da realidade ou como fruto de cessões de princípios, é, de fato, uma derrota, afinal não há remédio para a crise de consciência que desse ajuste resulta e esta última, a crise de consciência, tende a perdurar por anos e, como no dilema de Fausto, pode vir a se apresentar, de vez em quando, para cobrar a conta." [...]