Žižek vs. Horowitz

Semana passada, foi divulgado no Brasil o segundo episódio da série “O Mundo Amanhã”, co-produzido pelo WikiLeaks e o RT. Nessa edição do programa, Julian Assange media um debate entre Slavoj Žižek e David Horowitz:

***

A Boitempo Editorial está traduzindo as mais de 900 páginas de Less Than Nothing: Hegel and the Shadow of Dialectical Materialism, o mais recente, maior e mais importante livro do filósofo esloveno Slavoj ŽižekTodos seus títulos publicados no Brasil pela Boitempo já estão disponíveis em ebooks, agora com preços até metade do preço do livro impresso. Confira:

Aproveite: Essa semana, a Boitempo está realizando a promoção dia dos professores, com 40% de desconto sobre todo o catálogo!

Às portas da revolução: escritos de Lenin de 1917 * ePub (Livraria Cultura |Gato Sabido)

A visão em paralaxe * ePub (Livraria Cultura | Gato Sabido)

Bem-vindo ao deserto do Real! (edição ilustrada) * ePub (Livraria Cultura | Gato Sabido)

Em defesa das causas perdidas * ePub e PDF (Livraria Cultura | Gato Sabido)

Primeiro como tragédia, depois como farsa * PDF (Livraria Cultura | Gato Sabido)

Vivendo no fim dos tempos * ePub (Livraria Cultura | Gato Sabido)

***

Slavoj Žižek nasceu na cidade de Liubliana, Eslovênia, em 1949. É filósofo, psicanalista e um dos principais teóricos contemporâneos. Transita por diversas áreas do conhecimento e, sob influência principalmente de Karl Marx e Jacques Lacan, efetua uma inovadora crítica cultural e política da pós-modernidade. Professor da European Graduate School e do Instituto de Sociologia da Universidade de Liubliana, Žižek preside a Society for Theoretical Psychoanalysis, de Liubliana, e é um dos diretores do centro de humanidades da University of London. Dele, a Boitempo publicou Bem-vindo ao deserto do Real! (2003), Às portas da revolução (escritos de Lenin de 1917) (2005), A visão em paralaxe (2008), Lacrimae rerum (2009), Em defesa das causas perdidas, Primeiro como tragédia, depois como farsa (ambos de 2011) e o mais recente Vivendo no fim dos tempos. Colabora com o Blog da Boitempo esporadicamente.

***

Redes sociais da Boitempo Editorial

Inscreva-se no Canal da Boitempo no YouTube
Curta a página da Boitempo no Facebook
Siga o perfil da Boitempo no Twitter

7 comentários em Žižek vs. Horowitz

  1. Adriano Haas // 18/10/2012 às 3:08 pm // Responder

    Tenho todos!!!

    Curtir

    • Aída Paiva // 24/02/2018 às 1:07 am // Responder

      Haas, você é parente daquele médico que foi morto no Araguaia? Hoje ainda existe o hospital que esse médico construiu no Araguaia. Haas foi morto no que chamaram de “Guerrilha do Araguaia” mas a população comum não sabe o que foi exatamente a Guerrilha do Araguaia.
      A gente pode saber um pouco mais da Guerrilha do Araguaia lendo o livro documentário do jornalista Fernando Portella, chamado “Guerras de Guerrilhas no Brasil”. nesse livro Fernando Portella fala das guerrilhas que aconteceram no Brasil e uma delas a do Araguaia. Podemos ver o depoimento de José Genoino, a carta que Genoino escreveu pro Médici na prisão, e o relato do josé Genoino sobre o que foi chamado Guerrilha do Araguaia. Eu estava seguindo o deputado Genoino no Congresso e Câmara dos Deputados mas só depois de muito tempo é que consegui informações do deputado Genoino. Um aluno da UFMG de História percebeu que eu gostava muito do Genoino e me deu o livro do Portella que ‘ficou em Minas na casa do meu ex-maridão.

      Curtir

  2. muito bom!!! recentemente comentei (em referência à Venezuela) com meus amigos que não conhecia um lugar no mundo onde a esquerda fosse unida. neste debate, algumas lições se opõem: a esquerda não liga para os asiáticos (e africanos) que morrem por aí…as políticas de sarkozy , mitterand, hollande, obama, clinton ou bush são todas imperialistas quanto… e mais: esquerda, comunismo, fascismo, nazismo, lberalismo são utopias…
    realmente, a esquerda não consegue oferecer alternativa para o mundo… e isso é o maior triunfo do capitalismo e da direita…

    Curtir

    • Aída Paiva // 24/02/2018 às 1:16 am // Responder

      Serge, a esquerda não precisa de você nem de seus parcos comentários. Pra mim você é a direita que estava certa da vitória do impeachment da presidente Dilma. Se você escrevesse um pouco mais eu saberia se você é crente ou está com o Bolsonaro.
      Surgiu a esquerda que nunca fugiu ou submergiu ou não estava quem não via a esquerda eram apenas intelectuais que viviam nos seus nichos (universidade, editoras, blogs, etc…). Estivemos sempre aqui aí e em todo lugar na luta quem viu a esquerda sempre vê a esquerda.
      Serge, a propósito você escreve muito mal. Você concluiu seu curso na universidade?
      você ainda está vivo porque nós alimentamos o mundo, se um dia a esquerda desaparecer vocês vão desaparecer também.

      Curtir

  3. Estou cansada destes textos de esquerda que não levam a nada, apenas nos mantém nessa luta e na espera de míseros alimentos intelectuais que nos mantém vivos mais nada. Quero um texto que confirme a realidade que percebo e eu sei o que é essa realidade. Estou cansada também dessas fantasias sexuais dos outros, pobres, não criativas, feias, baixas, mal feitas, tipo pornografia. Tenho certeza que essas fantasias sexuais não são minhas. Quero fantasias sexuais nas quais posso conhecer o meu desejo e assim entrar em contato com meu mundo e encontrar um estado mental no qual estou bem.

    Curtir

  4. Não quero mais alimentar o sistema de forma alguma, nem com ideias, nem com fantasias sexuais, nem com experiências. Slavoj Zizek, apelo pro que te resta de humano não quero ficar nessa situação. Morra comigo a burguesia!

    Curtir

  5. Onde encontro a entrevista? O link está quebrado. Obrigado

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: