Lançamento Boitempo: Para entender O capital, de David Harvey

Para entender O Capital Capa Final.indd

Capa de “Para entender O capital, livro 1″, de David Harvey

A Boitempo Editorial lança esta semana, durante o Seminário Margem Esquerda: Marx e O capital (integrando o projeto Marx: a criação destruidora), o extraordinário Para entender O capital, de David Harvey.

Fruto de décadas de cursos sobre O capital de Marx lecionados pelo geógrafo marxista David Harvey em universidades ao redor do mundo, Para entender O capital é uma obra ao mesmo tempo sintética e densa, uma introdução para a compreensão do Livro 1 de O capital, que chega em momento oportuno, de uma torrente de interesse pela análise das obras de Marx, em busca de um melhor entendimento das origens da falência econômica e dos nossos problemas atuais. O livro será lançado simultaneamente à edição definitiva do Livro 1 de O capital, 15º título da Coleção Marx Engels.

Em pré-venda na SaraivaLivraria Cultura e Livraria da Travessa.

Leia abaixo trecho da apresentação do livro, escrita por David Harvey:

Meu objetivo é levar você, leitor, a ler um livro de Karl Marx chamado O capital, Livro I, e a lê-lo nos próprios termos de Marx. Uma importante razão para assumir uma postura aberta em relação a essa leitura é o fato de O capital ser uma obra extremamente rica. Shakespeare, os gregos, Fausto, Balzac,  Shelley, contos de fadas, lobisomens, vampiros e poesia, encontramos tudo isso em suas páginas, ao lado de inúmeros economistas políticos, filósofos, antropólogos, jornalistas e cientistas políticos. Marx trabalha com uma imensa gama de fontes, e pode ser instrutivo – e divertido – refazer seu caminho até elas.

Leia abaixo texto inédito de Marcio Pochmann para a orelha do livro:

Um paradoxo ronda o conjunto de interpretações acerca do capitalismo. O modo de produção do capital dá sinais de complexificação desde a década de 1970, com a predominância da fase da financeirização da riqueza e a transição hegemônica do trabalho material para o imaterial, e, nesse contexto em que eram necessárias novas análises do funcionamento do capitalismo e das alternativas de sua superação, perdeu força e vigor o pensamento marxista.

Não faltaram motivos. Do lado da produção acadêmica, houve um ataque articulado do pensamento neoliberal, coerente e hegemônico em quase todos os fóruns nacionais e internacionais de debates; universidades elevaram ao limite a especialização do conhecimento motivado pelas regras de produtividade do trabalho, copiadas das Ciências Exatas pelas Humanidades. Ademais, a estratégia conservadora de esvaziar o conteúdo dos cursos de Ciências Sociais terminou por colocar disciplinas, professores e pesquisadores do pensamento marxista quase na condição de gueto.

Do lado intelectual das lutas sociais e de partidos políticos de esquerda, o enfraquecimento da base teórica marxista ocorreu simultaneamente à crise do chamado socialismo real, à queda do muro de Berlim e ao fim da Guerra Fria. Desvios oportunistas e chicanas de elitismos favoreceram reflexões cada vez mais pontuais e segmentadas, que passaram a orientar práticas políticas curtoprazistas e cada vez mais pragmáticas.

Tudo isso contribuiu para que certa orfandade ganhasse dimensão na formação das novas gerações em termos de acesso e identidade com o pensamento marxista. O empobrecimento das análises sobre o funcionamento do capitalismo atual e a proliferação multifacetada do pensamento crítico tornaram quase irrelevante para as grandes massas a possibilidade de conhecer e produzir alternativas à hegemonia do capital.

Do mesmo modo que a agudeza da crise global do capitalismo colocou a necessidade de se recuperar a contribuição marxista ao entendimento desse modo de produção, o fim da grande noite do obscurantismo neoliberal terminou por libertar forças sociais e políticas dispostas a refletir, em novas bases, alternativas críticas ao modo hegemônico do capital. É nesse sentido que o trabalho disciplinado, incansável e pertinente do consagrado geógrafo David Harvey sobre o primeiro volume de O capital se torna, em sua leitura fácil e esclarecedora, um guia para entender e desenvolver a necessária contribuição da economia política de Karl Marx.

***

harvey_inscricoes_brasil_facebook_18.3.2013_altaDavid Harvey no Brasil, março de 2013

Como parte da programação do projeto MARX: a criação destruidora, a Boitempo traz ao Brasil o geógrafo britânico David Harvey, professor de antropologia na pós-graduação da The City University of New York.

Harvey é um dos marxistas mais influentes de nosso tempo, reconhecido internacionalmente por seu trabalho de vanguarda na análise das dinâmicas do capital, e durante sua visita lança o livro Para entender O capital, uma obra ao mesmo tempo sintética e densa, fruto de anos de cursos lecionados sobre a obra clássica de Marx em universidades ao redor do mundo. No dia 21 de março, quinta-feira, Harvey participará de uma sessão especial de autógrafos de seu livro às 19h, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo. O evento, que marca também o lançamento da nova tradução de O capital, de Karl Marx, é gratuito e aberto ao público.

Entre 23 e 26 de março, Harvey apresenta a conferência “Para ler O capital” em São Paulo, Porto Alegre e Salvador. Confira a programação completa em todas as cidades e mais informações sobre inscrições no site do projeto: http://marxcriacaodestruidora.com.br.

Harvey_Cultura_Boletim700
São Paulo (SP) | Sessão de autógrafos de “Para entender O capital”, com David Harvey
Dia 21/03 | quinta-feira | às 19h
Livraria Cultura (Conjunto Nacional) | Avenida Paulista, 2073, Consolação, São Paulo/SP
Atividade aberta ao público.

São Paulo (SP) | Conferência “Para ler O capital”, com David Harvey
Dia 23/03 | sábado | às 19h
SESC Pinheiros | Teatro Paulo Autran | Rua Paes Leme, 195, Pinheiros, São Paulo/SP
Atividade para inscritos. Conferência será transmitida no telão da praça do Sesc Pinheiros e sessão de autógrafos será aberta ao público. Ausências serão preenchidas no início do evento com os presentes.

REALIZAÇÃO | Boitempo Editorial e SESC.
APOIO | Fundação Lauro Campos, Fundação Maurício Grabois, Fundação Rosa Luxemburgo e Programa de Pós-graduação da FAU-USP.

Porto Alegre (RS) | Conferência “Para ler O capital”, com David Harvey
Dia 25/03 | segunda-feira | às 19h
Teatro da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) | Avenida Ipiranga, 5311, Porto Alegre/RS
Inscrições deverão ser realizadas pelo e-mail: harvey.poa@laurocampos.org.br.
A inscrição é gratuita. Vagas limitadas.

REALIZAÇÃO | Boitempo Editorial, Fundação Lauro Campos, Emancipa e Câmara Municipal de Porto Alegre.
APOIO | Caixa Econômica Federal, Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (CECE) e Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana (CEDECONH), Associação Beneficente dos Funcionários da Câmara Municipal de Porto Alegre (ABECAPA).

Salvador (BA) | Conferência “Para ler O capital”, com David Harvey
Dia 26/03 | terça-feira | às 17h
Salão Nobre da Reitoria da UFBA | Avenida Araújo Pinho, 265 – Canela, Salvador/BA
Inscrições deverão ser realizadas pelo site: www.cafecientifico.ufba.br
A inscrição é gratuita. Vagas limitadas.

REALIZAÇÃO | Boitempo Editorial, Pró-Reitoria de Extensão Universitária da UFBA, Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (UFBA/UEFS) e LDM – Livraria Multicampi.
APOIO | UFBA, Pró-Reitoria de Extnesão Universitária (PROEXT) e Fundação Lauro Campos.

2 Respostas para “Lançamento Boitempo: Para entender O capital, de David Harvey

  1. Muito bom! Obrigado por nos proporcionar a oportunidade de pensar/repensar esta importante obra de Karl Marx na atualidade!

  2. O preço está um pouco salgado, mas vale muito para quem tem condições pagar a leitura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s