neoliberalismo

Em tempos de resistência, um livro urgente e indispensável

19/12/2018 // 1 comentário

Por Lena Lavinas / "Em tempos de resistência, quando a crítica tende à indulgência ou à inexorabilidade dos tropeços por força dos vícios inerentes às democracias neoliberais, Saad Filho e Morais nos desafiam a enfrentar o passado sem reservas e a mirar o futuro com a audácia que a busca por mudanças estruturais exige. Por isso mesmo, a leitura de "Brasil: neoliberalismo versus democracia" é fecunda, urgente e indispensável." [...]

Bolsonaro e o momento hiperautoritário do neoliberalismo

29/10/2018 // 10 comentários

Por Christian Laval / "Alguns falam de momento fascista ou neofascista do neoliberalismo. Eu chamaria essa fase de momento hiperautoritário do neoliberalismo. É difícil entender, mas trata-se de um tipo de dialética perversa: o neoliberalismo conseguiu capturar e explorar todas as formas de reação e de ressentimento que esse mesmo neoliberalismo suscitou." [...]

O ano de 2017 tal como ele quase poderia ter sido

12/12/2017 // 5 comentários

Ao invés de promover um balanço do ano da graça de 2017, Christian Dunker propõe um exercício ficcional baseado no que poderíamos ter vivido caso tivessem ocorrido pequenas, mas significativas, mudanças em alguns acontecimentos dos últimos 12 meses. [...]

A razão do comum

15/12/2016 // 4 comentários

Pedro Veríssimo reflete, no Espaço do Leitor, sobre algumas das questões apresentadas no mais recente livro de Pierre Dardot e Christian Laval, "A nova razão do mundo: ensaio sobre a sociedade neoliberal", lançado este ano pela Boitempo. [...]

O neoliberalismo e seus normalopatas

03/11/2016 // 19 comentários

Por Christian Dunker / "Depois dos frankensteins, esquizoides errantes sem fronteiras, e dos fantasmas alienados que vagam da pressão, descompressão e depressão, chegamos finalmente aos zumbis que hoje se tornaram nossa mais próxima normalopatia." [...]

A PEC 241, a contrarreforma neoliberal e a Tragédia de Prometeu

19/10/2016 // 6 comentários

Por Giovanni Alves / "É importante entendermos a PEC 241 num contexto mais amplo do processo histórico. Ela se situa no bojo da reação neoliberal no Brasil, sendo ela a espinha dorsal da Agenda Infernal da coalização de direita que tomou de assalto o Palácio do Planalto. Ela sacramenta na Constituição Federal, a espoliação do fundo público pelo capital financeiro. Ao lado da Reforma da Previdência, que deve ocorrer logo a seguir; e da Reforma Trabalhista, levado a cabo pelo STF, algoz da CLT ao legislar a favor da terceirização e do negociado sobre o legislado, a PEC do Teto dos Gastos Públicos é o eixo principal da contrarreforma do capitalismo brasileiro. Enfim, mais uma vez, a classe dominante demonstrou ter verdadeira consciência de classe. " [...]

A esquerda precisa inventar uma outra governamentalidade

14/04/2016 // 4 comentários

Por Christian Laval e Pierre Dardot. "A esquerda não pode contentar-se em defender a democracia liberal, como tende a fazer. Não que ela não deva mais defender as liberdades públicas, mas deve evitar fazê-lo em nome dessa democracia, por exemplo, opondo 'autoritarismo neoliberal' e 'democracia liberal'." [...]