necropolítica

Žižek: A dialética paralisada da pandemia

20/07/2020 // 2 comentários

Nossa vida social não está paralisada por estarmos tendo que obedecer a regras de isolamento social e quarentena – nesses momentos de aparente paralisia, as coisas estão mudando radicalmente. A rejeição ao lockdown é na verdade uma rejeição à mudança. [...]

Žižek: Morte no paraíso: violência policial, pandemia e o crime do capital

01/06/2020 // 2 comentários

Slavoj Žižek / "A crise atual trouxe à tona as consequências bastante materiais do abismo de classe nos Estados Unidos: não se trata apenas de uma questão de riqueza e pobreza, é também (e de maneira bastante literal) uma questão de vida e morte – tanto no que diz respeito à violência policial quanto no que diz respeito à pandemia do novo coronavírus." [...]

No curto prazo todos estaremos mortos: apontamentos críticos sobre o novo consenso “keynesiano”

27/05/2020 // 3 comentários

Quando aqueles que querem acelerar o trilho da barbárie diante da pandemia afirmam que “preservar as economias implica aceitar perdas de vida”, a despeito do caráter assassino e eugenista de tal proposição, eles não deixam de expressar de forma distorcida uma “verdade”: sim, a lógica econômica de nossas sociedades, é cada vez mais a aceleração de um processo crescentemente hostil à vida. [...]

O novo coronavírus e a catástrofe do capitalismo global

20/05/2020 // 2 comentários

Giovanni Alves / "O descaso de governos e políticos pela ameaça real da pandemia do novo coronavírus – anunciada há décadas – revela o desprezo histórico do Estado político do capital pelo trabalho vivo irremediavelmente desvalorizado na medida em que aumenta de forma exacerbada a composição orgânica do capital" [...]

O doloroso abandono do direito pelo capitalismo

01/11/2018 // 3 comentários

Por Joelton Nascimento. / "O livro 'Crise e golpe' de Alysson Mascaro é de longe sua obra mais importante até o momento. Ele tanto estabelece a maturidade de sua concepção teórica quanto a põe sob à prova na realidade conturbada do presente. Com três capítulos inéditos e sete recolhidos de outras publicações, o livro perfaz um estudo sobre os anos de crise brasileira de 2013-2018 sob a ótica da filosofia crítica do direito e do estado." [...]