Margem Esquerda

Adorno: A psicanálise da adesão ao fascismo

25/10/2018 // 10 comentários

No contexto do dossiê especial dedicado às eleições de 2018, o Blog da Boitempo recupera um artigo fundamental do filósofo alemão Theodor Adorno. O texto não é curto e nosso tempo é escasso, mas a editoria deste Blog recomenda vivamente sua leitura. [...]

Samir Amin (1931-2018)

13/08/2018 // 1 comentário

Recebemos com muito pesar que recebemos a notícia do falecimento de Samir Amin na tarde de ontem. Como forma de homenagem, o Blog da Boitempo disponibiliza abaixo seu artigo “Economia de mercado ou capitalismo financeiro oligopólico?”, publicado originalmente na edição de número 12 da revista semestral da Boitempo, a Margem Esquerda. Escrito às portas da crise econômica internacional de 2008, o texto analisa a evolução do capitalismo para um sistema financeirizado e oligopolista, ressaltando suas implicações sociais e políticas, como a emergência de uma plutocracia das altas finanças, e encerra convocando a urgência de uma solidariedade entre os trabalhadores de todo planeta, do Norte ao Sul global. [...]

Michael Löwy: O romantismo revolucionário de Maio de 1968

25/05/2018 // 2 comentários

Por Michael Löwy / "O espírito romântico de Maio de 1968 não é composto somente de “negatividade”. Ele está carregado também de esperanças utópicas, de sonhos libertários e surrealistas, de “explosões de subjetividade”. A reivindicação do direito à subjetividade estava inseparavelmente ligada à impulsão anticapitalista radical que cruzava, de um lado a outro, o espírito de Maio de 1968." [...]

1968 no Brasil

24/05/2018 // 3 comentários

"Presenciamos em 1968 a era das múltiplas explosões e revoltas no mundo todo: dos operários, dos estudantes, das mulheres, dos negros, dos movimentos ambientalistas e dos homossexuais, entre tantas outras formas de levante e de descontentamento social e político. No que se refere ao Brasil, apesar da influência de fatores externos e da identidade com movimentos contestadores de outros países, 1968 teve suas especificidades." [...]