identitarismo

A esquerda que abriu mão da crítica

24/08/2020 // 1 comentário

Luis Felipe Miguel / “A empatia revolucionária com os desvalidos não romantiza suas consciências, não abre mão da crítica e, muito menos, abdica do trabalho de fornecer ferramentas para que superem seus limites. A alternativa é uma empatia superficial, brumosa, tingida de preconceito e condescendência travestida de bom-mocismo." [...]

Entender as opressões para combatê-las

10/11/2017 // 9 comentários

Por Luis Felipe Miguel / "Não se trata mais apenas expressar os interesses de uma classe operária entendida como sujeito coletivo unitário, mas de construir a vontade política e a unidade na ação de uma multiplicidade de grupos dominados. Para isso, entender com profundidade como se cruzam as diversas estruturas de opressão é fundamental." [...]

Da tragédia à comédia

04/07/2017 // 6 comentários

Gabriel Tupinambá comenta o artigo "Três dimensões da tragédia da esquerda no início do século XXI", de Edemilson Paraná, publicado no Blog da Boitempo. [...]