fascismo

O brutalismo vai à escola

13/09/2020 // 2 comentários

Carolina Catini / "A violenta lógica de roleta-russa do retorno às aulas presenciais está inscrita também na responsabilização individual dos profissionais da educação, que devem assumir todos os danos possíveis, inclusive pelo contágio. Parece que às vezes se esquece que a educação é fruto de muito trabalho." [...]

O trabalho de educar numa sociedade sem futuro

05/06/2020 // 10 comentários

Por Carolina Catini / "A pandemia e o confinamento aceleraram um processo que já estava em curso de introdução mais intensiva de tecnologia na relação educativa. Como outras mudanças provocadas pela exceção do momento de confinamento e distanciamento social, também apresenta tendências de se generalizar e se tornar permanente." [...]

Os três espelhos

03/06/2020 // 4 comentários

Por Mauro Iasi / "Não se deve culpar o espelho pelas inversões que ele nos mostra. Como disse Marx, a religião e o Estado são uma consciência invertida porque são a consciência de um mundo invertido." [...]

Michael Löwy: O neofascista Bolsonaro diante da pandemia

28/04/2020 // 4 comentários

Por Michael Löwy / "Se Bolsonaro conseguisse impor sua orientação, o resultado seriam dez milhões de brasileiros mortos. Isto se chama, na linguagem penal internacional, genocídio. Por um crime equivalente, vários dignitários nazistas foram condenados à forca pelo Tribunal de Nuremberg." [...]

O Brasil na geopolítica mundial da Covid-19 e do caos sistêmico

09/04/2020 // 2 comentários

Por Carlos Eduardo Martins / Eis o novo patamar de dependência e subordinação que se impõe sobre a economia brasileira: um capitalismo miliciano e chantagista de uma burguesia dependente que, na defensiva, abre mão do desenvolvimento das forças produtivas e vai se subordinando à liderança de uma lumpenburguesia servil que cobra comissões e vive de oportunidades cambiais para fabricar o seu próprio capital fictício. [...]

Guedes/Bolsonaro e o Plano Ipiranga da nova etapa da dependência no Brasil 

12/03/2020 // 1 comentário

Por Carlos Eduardo Martins / Eis o novo patamar de dependência e subordinação que se impõe sobre a economia brasileira: um capitalismo miliciano e chantagista de uma burguesia dependente que, na defensiva, abre mão do desenvolvimento das forças produtivas e vai se subordinando à liderança de uma lumpenburguesia servil que cobra comissões e vive de oportunidades cambiais para fabricar o seu próprio capital fictício. [...]

Marighella: ecos do chamamento

09/03/2020 // 1 comentário

Por Felipe Catalani / "Sem querer abusar de metáforas acústicas, pode-se dizer que na caixa de ressonância histórica do presente brasileiro é possível escutar ecos do chamamento de Carlos Marighella." [...]