eleições2018

Bolsonaro e o momento hiperautoritário do neoliberalismo

29/10/2018 // 10 comentários

Por Christian Laval / "Alguns falam de momento fascista ou neofascista do neoliberalismo. Eu chamaria essa fase de momento hiperautoritário do neoliberalismo. É difícil entender, mas trata-se de um tipo de dialética perversa: o neoliberalismo conseguiu capturar e explorar todas as formas de reação e de ressentimento que esse mesmo neoliberalismo suscitou." [...]

Você não poderá dizer que não sabia

26/10/2018 // 8 comentários

Por Rodrigo Nunes / "Costuma-se dizer que, dois anos depois de sua eleição, era praticamente impossível encontrar quem houvesse votado em Collor; no mundo das redes sociais, em que nossas opiniões estão registradas para sempre diante de todos, é mais difícil desaparecer. Por tudo que sabemos, os riscos de arrependimento nesta eleição são potencialmente bem maiores que em 1989. Espero sinceramente que, ganhe quem ganhar, nada de ruim aconteça a você ou a seus entes queridos. Mas se acontecer, é bom estar preparado para viver com as consequências de sua escolha; você não poderá olhar a si mesmo no espelho e dizer que não sabia." [...]

Adorno: A psicanálise da adesão ao fascismo

25/10/2018 // 12 comentários

No contexto do dossiê especial dedicado às eleições de 2018, o Blog da Boitempo recupera um artigo fundamental do filósofo alemão Theodor Adorno. O texto não é curto e nosso tempo é escasso, mas a editoria deste Blog recomenda vivamente sua leitura. [...]

O ovo da serpente e a eleição para Presidente

21/10/2018 // 7 comentários

Por Luiz Filgueiras / "Mussolini e Hitler, histriônicos como Bolsonaro, no início também eram considerados irrelevantes, “folclóricos” e engraçados, quase que palhaços (com o perdão destes). Depois, os que não eram nazistas e fascistas passaram também a achar que eles eram a redenção da nação e que, no limite, poderiam ser controlados e moderados em seus radicalismos. Na sequência, a história se mostrou trágica." [...]

Pasolini: Detesto quem anda com uma pistola no bolso

19/10/2018 // 5 comentários

Pier Paolo Pasolini / "Um idiota que anda por aí armado com uma pistola, só se pode detestá-lo. A partir desse sintoma – pequeno, por fim, embora tão chamativo – pode-se reconstruir uma pessoa inteira, com todos os seus sentimentos. Nele predomina uma desconfiança obsessiva com o próximo, um narcisismo fanático e desagradável, um orgulho introvertido e deselegante que o tornam um paciente odioso para o médico, um personagem insuportável para o autor..." [...]

Anita Prestes: Existe ameaça fascista no Brasil?

18/10/2018 // 5 comentários

Por Anita Leocadia Prestes / "Diante do fenômeno “Bolsonaro” que se explicitou com as eleições deste ano, parte das “esquerdas” se depara com a seguinte questão: podemos afirmar que existe uma ameaça fascista em nosso país? Seria correto identificar esse fenômeno com o fascismo?" [...]