crítica do valor

A superação do trabalho: um olhar alternativo para além do capitalismo

04/07/2019 // 5 comentários

Por Robert Kurz e Norbert Trenkle / “A superação do trabalho não significa uma simples redução quantitativa do tempo de trabalho por meio da ‘automação total’ (sem consideração pelo conteúdo), mas libertar todas as atividades sociais do seu conteúdo abstrato, dessensibilizado, meramente acidental em relação à indiferença da forma.” [...]

O doloroso abandono do direito pelo capitalismo

01/11/2018 // 3 comentários

Por Joelton Nascimento. / "O livro 'Crise e golpe' de Alysson Mascaro é de longe sua obra mais importante até o momento. Ele tanto estabelece a maturidade de sua concepção teórica quanto a põe sob à prova na realidade conturbada do presente. Com três capítulos inéditos e sete recolhidos de outras publicações, o livro perfaz um estudo sobre os anos de crise brasileira de 2013-2018 sob a ótica da filosofia crítica do direito e do estado." [...]

Moishe Postone (1942-2018): um ataque frontal à crítica social tradicional

20/03/2018 // 1 comentário

Há livros que alardeiam ter reinventado o mundo, embora não apresentem muito mais do que versões renovadas de banalidades já conhecidas. O contrário se aplica ao de Moishe Postone. Ele representa, no conteúdo, um verdadeiro ataque frontal às falsas certezas de base do pensamento social crítico até então existente. Com uma enorme meticulosidade, Postone mina as bases teóricas dessa crítica e as questiona radicalmente. [...]

Guerra aos “vagabundos”: sobre os fundamentos sociais da militarização em curso

12/03/2018 // 15 comentários

Por Maurílio Lima Botelho / "O discurso aparentemente progressista de que o combate à criminalidade deve vir acompanhado de medidas de integração econômica gira em falso. Tanto esquerda quanto direita se enredam na mesma contradição quando não percebem que as medidas adotadas pelo governo atual são a oficialização de um processo anterior objetivamente em curso de desintegração da socialização baseada no trabalho." [...]

Postone: Teorizando o mundo contemporâneo. David Harvey, Giovanni Arrighi e Robert Brenner

06/06/2015 // 5 comentários

Moishe Postone / "Apesar de todas as suas vantagens, as abordagens distintas formuladas por Brenner, Arrighi e Harvey não são bem-sucedidas em elucidar por completo o núcleo histórico do capital de uma maneira que aponte para a possibilidade de sua superação histórica. Entretanto, sem uma análise do capital que não se restrinja ao modo de distribuição, mas que possa, no entanto, abordar os impulsos emancipatórios expressos pelo marxismo tradicional, por um lado, e pelo pós-modernismo, por outro, nossas concepções de emancipação continuaram a oscilar entre uma homogeneização geral (realizada ou pelo mercado ou pelo Estado) e um particularismo, uma oscilação que replica as próprias formas dualistas da mercadoria e do capital." [...]