adorno

A decisão fascista e o mito da regressão: o Brasil à luz do mundo e vice-versa

23/07/2019 // 8 comentários

Por Felipe Catalani / "Enquanto insistirmos na ideia de “golpes contra a democracia” continuaremos a bater com a cabeça na parede. Pois isso que estamos chamando de fascismo (no Brasil e no mundo) é, em certa medida, 'democrático', tanto no sentido de que tais regimes foram eleitos por maiorias, quanto no sentido de relativa preservação da normalidade institucional." [...]

Aspectos ideológicos do bolsonarismo

31/10/2018 // 14 comentários

Por Felipe Catalani / "A própria ameaça se tornou um dos cernes da ideologia: com o poder de ameaçar sente-se que algum poder é possível ter, nem que seja o de botar medo, mesmo que para além disso não se tenha poder algum. A única felicidade possível do bolsonarista, que não é felicidade alguma, é o prazer proporcionado pela ameaça ou pela punição, em que se misturam ressentimento e requintes de sadismo." [...]

Cinco verbetes sobre Theodor W. Adorno

19/11/2015 // 2 comentários

Ricardo Musse pincela algumas das linhas mestras da experiência intelectual de Theodor W. Adorno na forma de cinco de verbetes teóricos que refinam os conceitos de "teoria crítica", "Aufklärung", "indústria cultural", "forma ensaio" e "dialética negativa". [...]